A alteração da data do fórum, previsto inicialmente para acontecer no dia 11 de março, se deu por ajuste de agenda das autoridades e convidados do seminário. O evento, que acontece em formato híbrido (online e presencial), contará com a participação do presidente da República, Jair Bolsonaro e do ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, e especialistas e demais autoridades das esferas Municipal, Estadual e Federal, além da iniciativa privada, para ampliar o debate sobre essa pauta urgente e apresentar as vantagens e benefícios do túnel imerso para os gestores públicos, empresários e para a sociedade.





O seminário apresenta uma programação técnica, com palestras e painéis, para aprofundar o debate sobre importância da ligação seca via túnel tanto para a melhoria da qualidade de vida da população dos municípios envolvidos, como para o incremento da operação portuária no maior porto da América Latina e potencializar o impacto econômico e social do complexo portuário, como no incremento da geração e emprego e renda na região.





As palestras e mesas redondas abordam temas urgentes, como Oportunidades da mobilidade urbana da Baixada Santista com a construção do túnel; O Impacto de túneis em portos ao redor do mundo; Inovação e sustentabilidade para a mobilidade de cidades inteligentes; Os impactos urbanos do túnel Santos-Guarujá; e A ligação seca entre Santos e Guarujá para melhor qualidade de vida do cidadão.





Segundo o engenheiro naval, ex-presidente da Santos Port Authority (SPA) e porta-voz da Campanha Vou de Túnel, Casemiro Tércio Carvalho, o endosso do Governo Federal sobre o encaminhamento do projeto do túnel e a presença do presidente da República no Fórum representam avanços para o encaminhamento definitivo da obra.





“O Governo Federal entendeu que o túnel imerso é a alternativa mais viável para a ligação seca e única que atende tanto a demanda da população com o avanço da mobilidade urbana na região, quanto do Porto de Santos, com o fomento a novos negócios. O 1º Fórum Vou de Túnel de Mobilidade Urbana será uma grande oportunidade de apresentar a modelagem do projeto e o evento representa mais um passo rumo à viabilização desta obra que vai impactar positivamente a economia nacional e impulsionar a melhoria da qualidade de vida na Baixada Santista”, disse.





O presidente da UVEBS, o vereador Roberto Andrade e Silva, o Betinho, ressalta que, além do apoio do Poder Executivo, a obra também é defendida pelos parlamentares da Baixada Santista. No ano passado, nove Câmaras Municipais assinaram moções de apoio ao projeto do túnel imerso. Além disso, o vereador destaca os benefícios do projeto para a população dos municípios, já que cerca de 35 mil pessoas realizam a travessia entre as cidades.





“A UVEBS defende a construção do túnel, pois entende que é a melhor alternativa. De acordo com a proposta, a travessia levará menos de 5 minutos, percorrendo 1,7 km em um sistema de mobilidade urbana eficiente. Serão três pistas para veículos, área para o VLT e faixas para pedestres e ciclistas, considerando a realidade da Região, na qual 1 milhão de pessoas declararam usar a bicicleta para se locomover”, explica.





A deputada federal e presidente da Frente Parlamentar Mista para o Futuro do Porto de Santos, Rosana Valle (PSB/SP), considera que o Fórum acontece em um momento oportuno com o avanço da viabilização da obra dentro da desestatização do porto e o debate técnico vai informar a sociedade sobre os benefícios da obra.





“Este evento vem na hora certa para que possamos esclarecer, de vez, o que é, de fato, melhor para a Baixada Santista e para o Brasil. Estão tentando usar politicamente um assunto tão sério, uma reivindicação de quase um século. Não podemos permitir”, enfatiza.





Participam também do seminário a vereadora de Santos Audrey Kleys, além de nomes importantes do setor portuário como Fernando Biral, CEO da Santos Port Authority (SPA), Diogo Piloni, secretário Nacional de Portos e Transportes Aquaviários do Minfra, Tarcísio Celestino, professor da USP e especialista em túneis e Eduardo Lustoza, porta-voz do movimento Vou de Túnel, Consultor Portuário e mestre em Engenharia Mecânica.





Para conferir a programação completa e se inscrever no 1º Fórum Vou de Túnel de Mobilidade Urbana acesse o site da Campanha Vou de Túnel.





Serviço





1º Fórum Vou de Túnel de Mobilidade Urbana
Data: 18/03/2022
Horário: 08h às 13h
Local: Blue Med Convention Center - Praça Almirante Gago Coutinho, Ponta da Praia, Santos-SP.
Formato: Híbrido (presencial e online)
Programação e inscrições: Vou de Túnel





Campanha Vou de Túnel





Criada em julho de 2020, a Campanha Vou de Túnel é um movimento popular e empresarial, sem fins lucrativos, que conta com o apoio de 119 empresas e associações de classe, além do aval de mais de 14 mil pessoas que assinam a petição online em defesa da construção do túnel imerso para a solução da ligação seca entre Santos e Guarujá.





Grande parte do engajamento da comunidade local foi alcançado durante ações nas ruas dos dois municípios. A Campanha realizou 14 blitz apresentando as vantagens e os benefícios do projeto para a população. O objetivo do movimento é informar a população e os gestores públicos sobre as vantagens da obra, tanto para a melhoria da mobilidade urbana e qualidade de vida da população dos municípios envolvidos, quanto para o incremento da operação portuária no Porto de Santos.