De folga e à paisana, um policial militar de 45 anos teve a aliança de ouro e a bicicleta roubadas por um ladrão. O crime aconteceu por volta das 7h30 desta quarta-feira (3), na Rua Onze de Junho, no Itararé, em São Vicente. Após a consumação do assalto, o marginal fugiu pedalando o veículo da vítima, que tentou recuperar os seus bens atirando na direção do chão.





O agente público portava um revólver calibre 38. O tiro que ele efetuou não intimidou o criminoso, que pedalou mais rápido a bicicleta e foi embora em direção à Avenida Presidente Wilson, até o sair do campo de visão do policial. O marginal também portava um revólver, em péssimo estado de conservação, porque o tambor da arma caiu durante a fuga.





A peça do armamento foi recolhida e será encaminhada à perícia. O policial disse que não teve tempo de reagir a tempo de evitar o roubo, sacando apenas o seu revólver no momento em que o bandido iniciava a fuga. Depois, ele acrescentou também como justificativa para o disparo o seu temor por uma injusta e iminente agressão do ladrão, que estava armado.





O bandido foi descrito como pardo, magro, com bigode ralo e cerca de 1,80 metro de altura. Ele usava boné vermelho e vestia calça e jaqueta jeans. A bicicleta roubada é da marca Caloi e tem cor predominante azul. O roubo foi registrado na Delegacia de São Vicente pela equipe do delegado Marcos Alexandre Alfino. (EF)