Uma embarcação roubada em Bertioga foi encontrada pela Polícia Militar Ambiental Marítima em Guarujá nesta sexta-feira (6), após a realização de patrulhamento pelas águas da Baixada Santista. A suspeita é que o barco tenha sido roubado para a prática de crimes, como o assalto a uma agência bancária ocorrido na última quarta-feira (4), em Guarujá.





Uma equipe da Polícia Militar Ambiental Marítima, subordinada ao 3º BPAmb, realizava patrulhamento nas águas da região, sobretudo nos rios que margeiam as comunidades de Guarujá, quando localizou uma embarcação de alumínio, às margens do Rio Santo Amaro, no bairro Santo Antônio, com as mesmas características de um bote roubado em fevereiro deste ano no Rio Itapanhaú, em Bertioga, por criminosos armados.





O barco estava sem o motor e demais equipamentos, foi retirado do local de risco, e após contato com o proprietário, uma das vítimas do roubo, compareceu à Delegacia Sede do município para reaver seu barco, que tem valor aproximado de R$ 50 mil





De acordo com a investigação, a principal suspeita é que a embarcação tenha sido utilizada para a fuga de criminosos fortemente armados após uma sequência de crimes na madrugada da última quarta-feira (4) em Guarujá, inclusive explosões e furtos de caixas eletrônicos, bem como outras ações criminosas recentes.





O local onde foi localizado o barco e outras informações importantes devem auxiliar na investigação de outros crimes utilizando embarcações na região.