Nesta última sexta-feira (15), o Instituto Histórico e Geográfico de Praia Grande (IHGPG) foi oficialmente instalado no município e, seus membros fundadores e efetivos foram empossados. A cerimônia aconteceu na Câmara Municipal de Praia Grande e contou com a presença de autoridades civis e militares da região.





Fundado em dia 30 de julho deste ano, o instituto se tornou uma entidade cultural forte e participativa, incentivando diversas pautas culturais, artísticas e principalmente, as pesquisas de história, geografia e ciências correlatas. Além disso, os membros estão se desdobrando para reunir em um único acervo, registros dos mais diversos, que de alguma forma preservam a história da cidade.





HOMENAGENS





Pouco antes do início da cerimônia, a diretoria recebeu uma carta do Ministro de Estado da Educação, Milton Ribeiro, com muitos elogios ao recém fundado instituto e também ao município de Praia Grade; Leia abaixo.









A Deputada Federal Rosana Valle (PSB/SP) também participou das homenagens e, não só enviou um vídeo parabenizando o presidente os seus membros fundadores, como também fez menção a patrona de honra do IHGPG, Profª Graziella Sterque "Já estava mais do que na hora de Praia Grande contar com um Instituto Histórico e Geográfico, por ser uma cidade que vem crescendo e merece ter a sua história viva e a sua história preservada. Eu sei que o instituto tem como patrona de honra, a professora Graziella Diaz Sterque, uma mulher lutadora que atuou muito pela arte e pela cultura de Praia Grande", destacou Rosana.





A deputada também fez elogios ao grupo de membros e desejou sucesso ao presidente, "Aproveito também para dar os parabéns aos 42 membros por todo o trabalho e desejar sucesso ao primeiro presidente do instituto, o Sr. Elson Dias Sterque Junior", completou.









A Secretária Executiva do Instituto Histórico e Geográfico de Praia Grande (IHGPG) e também Presidente da Academia de Letras e Artes de Praia Grande (ALAPG), Fátima Jaguanharo Carvalho, também foi homenageada. O reconhecimento partiu do Vereador Roberto Andrade e Silva, o Betinho Andrade, que também é membro fundador e presidiu a cerimônia. Betinho destacou a importância do trabalho de Fátima em todo o processo de fundação e organização do instituto.









A cerimônia reuniu diversos convidados ilustres, dentre eles o Secretário de Cultura e Turismo de Praia Grande, Mauricio Petiz, que ao final da solenidade fez um discurso emocionante. Estiveram presentes também, o Presidente da Academia Santista de Letras, Eustázio Alves Pereira; Major PM Carlos Alberto, do 45ºBPM/I; Elizabeth Watanabe, Presidente da Academia Itanhaense de Letras; Deise Domingues Giannini, Presidente da Academia Vicentina de Letras, Artes e Ofício Frei Gaspar da Madre de Deus; Alan Queiroz, Secretário Adjunto de Cultura e Turismo de Praia Grande; Major Chaves, Estado-maior do 2ºGAAAE/Fortaleza Itaipu; Elias Julio Ferreira, Diretor da Confraria Jovem do Instituto Histórico e Geográfico de São Vicente; Rafael Constante Flumingnan, Diretor da Alma PG; Rômulo Brasil Rebouças, Vice-Presidete da Câmara de Praia Grande; Paulo Eduardo Costa, Presidente do Instituto Histórico e Geográfico de São Vicente; dentre outros.









PROJETOS





A ideia dos fundadores é também trabalhar em parceria com os institutos históricos e geográficos da região, como o de Santos e São Vicente. Além disso, está previsto para ser elaborado diversas pesquisas e oficinas para a população.





Inicialmente, um projeto denominado "História Oral" está sendo elaborado para compor o acervo do futuro Museu da Pessoa do IHGPG. Este projeto tem como objetivo, coletar relatos de personalidades da cidade que vivem por aqui há bastante tempo e que acompanharam o processo de desenvolvimento do município.





Outro importante projeto, este liderado pelo presidente do instituto, é a coleta de informações sobre o antigo aeroclube de Santos, inaugurado em 1936 e que ficava no bairro Aviação, em Praia Grande.





PATRONA DE HONRA









Graziella Diaz Sterque nasceu em Belém do Pará em 1928, Contadora por formação e muito jovem, presta concurso público e aceita dar aulas na comunidade ribeirinha de Terra Roxa, onde teria que guiar a própria canoa todos os dias. Por essa bravura recebe o título de "Professora do Ano" do governo do Estado do Pará.





No início dos anos de 1950, Graziella se casa com o militar Elson Sterque e se muda para São Paulo. já na capital paulista, Graziella e Elson montam uma loja de armarinhos e uma indústria de graxas, até que em meados dos anos 1960 resolvem criar os 6 filhos no litoral e mudam-se para a pequena Praia Grande, antes da emancipação.





A pequena Praia Grande não contava com 10 mil habitantes, e Graziella inquieta percebe que a cidade não possuia nenhum equipamento ou nem mesmo atividades culturais. Assim ela reúne os poucos artistas e funda a "Casa do Poeta".





Tendo trazido sua coleção de peças indígenas, Graziella monta o primeiro museu da cidade e realiza diversas exposições, contendo também obras de arte da comunidade local. A Professora abre as portas de sua casa e o acesso a sua biblioteca particular, a única que havia na cidade, onde ensinava e ajuda os estudantes nas pesquisas.





Graziella monta o primeiro salão de artes plásticas e ajuda na formação da primeira biblioteca oficial do município, ocasião em que Também passa a ser correspondente da Folha de São Paulo na cidade e edita a Revista Informativo Cultural, o que fez por longos 30 anos e foi referência em pesquisas da história de Praia Grande.





Em 1975 ganha o concurso Estadual sobre a história de Praia Grande. no mesmo período é convidada e aceita ser professora da Universidade Santa Cecília (UNISANTA).





Graziella tambem é convidada a colaborar com a Administração Municipal, assumindo a Casa da Cultura, embrião do atual Centro Cultural Palácio das Artes, e ali criou a Gibiteca e a Hemeroteca, tambem aglutinou artistas da cidade envolvidos em diversas modalidades.





A Professora ganhou 8 prêmios por poesias e contos. Todos os anos ela é homenageada na câmara municipal por decreto lei, no dia internacional da mulher por ser referencia da mulher na cidade. Também é homenageada no Palácio das Artes, onde o Foyer do Teatro recebeu seu nome. Graziella faleceu em 2003 deixando seu esposo e seis filhos.





Todos os anos, na semana da mulher, a Câmara Municipal da Estância Balneária de Praia Grande, homenageia mulheres da cidade com o diploma que leva seu nome, o "Diploma Professora Graziella Diaz Sterque".





DIPLOMAÇÃO





Ao todo, são 42 membros, entre fundadores e efetivos, ambos foram diplomados na cerimônia pública e a entrega foi intercalada entre o presidente Elson Sterque e a vice-presidente Suely Sanchez Toschi; veja as imagens:





















O primeiro a ser empossado foi o presidente do instituto, que recebeu o diploma de membro fundador e primeiro presidente das mãos do vereador Betinho Andrade, que presidiu a solenidade e naquele ato, representava a figura do presidente da Câmara de Praia Grande, Marco Antônio de Sousa, o Marquinho.













DIRETORIA









Na foto, da esquerda para direita: Eloy Catão, Conselheiro Fiscal; Edson Santana do Carmo, Diretor Executivo; Suely Sanchez Toschi, Vice-Presidente; Gabriel Resende Nascimento, Diretor de Finanças; Elson Dias Sterque, Presidente; Rafael Baltazar Figueira, Diretor de Patrimônio; Alonso Junior, Conselheiro Fiscal; Fátima Jaguanharo, Secretária Executiva.