Rodolffo pede desculpas a João Luiz antes do Paredão do BBB 21Reprodução/Rede Globo
BBB - O cantor Rodolffo , participante do BBB 21, pediu desculpas tarde desta terça-feira (6) ao professor João Luiz após comentário racista e disse que não quer que nada fique mal resolvido entre eles antes do Paredão. O professor disse que o tempo talvez resolva.

"Elogiei você para a casa inteira, cara. Sua personalidade, seu talento, sua índole, seu jeito de ser. Eu não quero que fique nada mal resolvido entre a gente. Desculpa", disse o cantor.

O professor escutou o cantor e disse que não sabe se pode dar uma resposta. "Está tudo bem, te desculpo porque eu não estou bem e não está nada bem. Mas acho que o tempo talvez resolva. Espero eu", falou João.

Na dinâmica do programa na segunda (5), o professor mineiro expôs para os colegas que o cantor sertanejo comparou o cabelo dele ao da peruca do Castigo do Monstro.

Rodolffo foi acusado de racismo neste sábado (3) por diversos usuários das redes sociais após um comentário sobre João Luiz no BBB 21 (Globo). O cantor sertanejo comparou a peruca que está usando no Castigo do Monstro com o cabelo do colega de confinamento.

O professor mineiro, que chegou a chorar depois, revelou ter ficado chateado com a situação em conversa com a amiga Camilla de Lucas na despensa. "Eu estava ajudando os meninos a colocar a roupa do Monstro e aí, na hora de colocar a peruca, o Rodolffo falou assim: 'Nossa, o meu cabelo está igualzinho ao do João'", relatou.

A influenciadora disse ter percebido que João estava chateado com algo. "Sabia que era alguma coisa relacionada a isso", afirmou. João prosseguiu com a história. "Aí eu fiz assim: 'Não, não tá igual, é diferente'. Falei só isso", contou.

O Castigo do Monstro se chama "Idade da Pedra" e consiste em ficar vestido como homem das cavernas, segurar sempre um tacape. Sempre que uma música toca, os castigados (além de Rodolffo, Caio) precisam ir até uma base no gramado e ficar se movimentando até o som parar.

"Fiquei muito desconfortável e não consegui dizer que não achei legal", lamentou João. "Acho que ele nem percebeu que eu não achei legal. Foi chato, muito chato. Fiquei pensando: 'Não sou o homem das cavernas só porque meu cabelo é desse jeito'."

"Para mim dói mais que um murro na cara, é muito doido", afirmou. "Na hora que aconteceu, eu fui para um lugar na minha cabeça que eu não imaginei que eu precisaria acessar, entendeu? E ao mesmo tempo, é aquele papo que eu tive lá no quarto assim com você, eu não quero tá nesse lugar de ficar toda hora corrigindo, sabe?"

O comentário revoltou diversos internautas, que acusaram o cantor de racismo. "O cabelo do João Luiz é lindo!", comentou um deles. "Quem já sofreu racismo assim, disfarçado de piada, sabe o quanto essa agressão deixa a gente paralisado. Próximo paredão Rodolfo tem que sair com novo recorde."