Policial Militar desaparece em São Vicente depois de jogo da LibertadoresReprodução/Facebook
DESAPARECIDO - O policial militar Bruno de Oliveira Gibertoni, 30 anos, desapareceu na madrugada de quarta-feira (13), após encontro com amigos para assistir partida do Palmeiras pela semifinal da Libertadores. 

Segundo o irmão de Bruno, Caio Gibertoni, o agente saiu de casa, em Praia Grande, rumo à cooperativa Forza Verde. "O único radar que detectou o carro dele foi na Avenida Mallet, no Canto do Forte, às 19h40". 

Os amigos confirmaram que o jovem chegou ao bar e, na saída, perguntaram a Bruno se ele tinha como ir embora. "Ele disse que sim, e que, como teria de trabalhar às 5h45 no Riacho Grande, em São Bernardo, não ia demorar a sair", explicou Caio. 

Esta foi a última vez que o policial foi visto. 

Procurado
Na manhã seguinte, em contato com a companhia onde o militar deveria se apresentar, a esposa constatou que ele nunca chegou ao local. Após a confirmação do desaparecimento, a Corregedoria da Polícia Militar foi acionada e a Corporação começou a investigar. 

A família também procurou no IML de Praia Grande e hospitais locais, sem resultado. 

O caso foi registrado no 2º Distrito Policial de São Vicente.