Começam amanhã as obras da segunda fase do VLT em Santos; Trânsito terá alteraçõesDivulgação

SANTOS - Obras da segunda fase do VLT serão realizadas em quatro diferentes pontos da Cidade, a partir de amanhã (23), às 7h, exigindo alterações do trânsito em trechos das ruas João Guerra, Dr. Emílio Ribas e Dr. Cunha Moreira, além da Avenida Conselheiro Rodrigues Alves. Serão realizados serviços de remoção e implantação de redes novas de esgoto, água, gás e drenagem. O acesso de moradores das vias afetadas será liberado.

A Rua João Guerra terá bloqueio parcial, com os trabalhos ocupando somente metade da pista. Já nas ruas Emílio Ribas, Cunha Moreira e Rodrigues Alves haverá a interdição total dos trechos, com indicação de rota alternativa para os motoristas.

A empresa responsável pelas obras do VLT produzirá e fará prévia distribuição de informativo a moradores e comerciantes das áreas em que ocorrerão os serviços e para os motoristas que circulam pelos locais. A CET vai acompanhar a instalação das sinalizações indicativas das intervenções, que serão monitoradas pelos agentes da companhia.

Os trabalhos nesses locais deverão prosseguir até primeiro trimestre de 2021.

Confira os trechos que receberão os serviços, com a respectiva rota alternativa indicada para o trânsito.
- R. João Guerra, entre R. Campos Melo e R. Manoel Tourinho.
Trecho terá meia pista para o trânsito.

- R. Dr. Emílio Ribas, entre R. Silva Jardim e R. Campos Melo (interdição total do trecho)
Rota alternativa (sentido da Silva Jardim - Rua Luísa Macuco; no sentido Campos Melo - R. Henrique Ablas)

- Av. Conselheiro Rodrigues Alves, entre R. São Vicente de Paula e Av. Washington Luís (interdição total do trecho).
Rota alternativa: Av. Gal. Francisco Glicério.

- R. Dr. Cunha Moreira, entre Av. Washington Luís e R. Luís de Camões (interdição total do trecho).
Rota alternativa: R. Guedes Coelho.

Outro local
Para o próximo dia 30, está programado o início dos mesmos serviços na Rua Dr. Carvalho de Mendonça, no trecho entre a Av. Washington Luís e Luís de Camões. Para as obras, também será ocupada metade da pista, com o trânsito fluindo pela outra parte da via.