Peça de teatro homenageia Clodovil em São Paulo. Aos moradores de Santos terá uma excursão exclusivaDivulgação
TEATRO - Marcando a liberação da fase verde em São Paulo, com a abertura de teatros, cinemas e outros equipamentos culturais, Eduardo Martini estreia no dia 20 de novembro, “Simplesmente Clô”, monólogo escrito pelo jornalista e dramaturgo Bruno Cavalcanti sobre a vida e a obra do estilista e apresentador de TV Clodovil Hernandes (1937-2009).

Obedecendo às restrições e tomando todos os cuidados e orientações para evitar o contágio do novo Coronavírus, o espetáculo cumprirá temporada aos sábados e domingos no Teatro União Cultural, em São Paulo, marcando também a nova programação do espaço, gerido por Martini desde o início do ano de 2020, e que teve a agenda paralisada após a necessidade de fechamento dos equipamentos de cultura na cidade de São Paulo.

Na obra, Clodovil realiza um inventário de sua vida e suas criações ao longo de mais de 40 anos de carreira, mesclando criações pioneiras na moda, o sucesso na televisão e o êxito em seu primeiro mandato como deputado federal enquanto se depara com lembranças de sua vida e fatos pouco conhecidos do público.

“O Clodovil era tão amado quanto odiado pelas pessoas, não tinha um meio termo. E nós não fugimos de nada disso. A ideia é mostrar essa personagem tão rica e contraditória sem jamais buscar uma redenção. Ele não gostaria disso”, declara Eduardo Martini, que conviveu com o estilista e há anos tinha o desejo de homenageá-lo no teatro.

Devido às restrições orientadas pela Secretaria Municipal de Saúde, uma exposição com a obra completa do estilista, prevista para a temporada, será adiada, mas uma pequena Mostra com a obra do artista plástico carioca Maurício Kiffer.

“Essa peça é uma vontade muito antiga. O Luiz Carlos Góes e eu tínhamos a ideia de montar um projeto assim, mas não deu tempo. Anos depois, num jantar, o Bruno Cavalcanti apareceu com essa proposta e eu fiquei impressionado porque ninguém sabia desse meu desejo, foi uma coisa muito natural”.

Para o autor, a ideia do espetáculo é dar continuidade a um trabalho de resgate à memória de figuras da memória nacional. “Quando escrevi um texto sobre a Danuza Leão [Pequeno Manual Prático para a Vida Feliz] sabia que não podia parar ali, e o Clodovil foi uma escolha natural, porque a ideia é levar a plateia numa viagem não só pela vida dessas pessoas, mas também, e principalmente, traçar um panorama sobre as épocas em que viveram, com as pessoas que conviveram e o que fizeram de importante para a construção cultural do Brasil”, declara.

“Simplesmente Clô” marca não apenas o retorno de Martini ao palco, mas também o reencontro do ator com Cavalcanti que, há três anos, iniciaram uma parceria teatral com a montagem da comédia “Papo com o Diabo”, dirigida por Elias Andreato. A dupla ainda planeja a montagem de outros três espetáculos até 2022.

“É bastante especial voltar em um projeto como esse, marcando uma parceria como essa. O Clodovil, tenho certeza, será um marco muito grande na minha carreira e para as pessoas que assistirem. Não tem como não se emocionar”, finaliza Martini.

EXCURSÃO MORADORES DE SANTOS

Dia: Sábado (28/11) às 17h30
Saída: Posto BR - Av. Conselheiro Nébias x Francisco Glicério, ao lado do VLT. Rua Paraguaçu, 7 - Boqueirão, Santos.

**As vagas são LIMITADAS !

- Para reservar o seu lugar, ligue: (13) 98186-3465