CAMPINAS - Um homem se revoltou com uma comerciante que pediu que ele usasse corretamente a máscara facial em uma sorveteria de Campinas. Nervoso, ele ataca verbalmente a vendedora, com xingamentos. Veja no vídeo acima.

De acordo com o relato da vítima, ela pediu que o cliente colocasse a máscara cobrindo o nariz. Quando ela disse isso, ele se recusou a seguir o protocolo sanitário. Desta forma, a comerciante se recusou a atendê-lo e vender o produto.

A recusa gerou uma revolta no homem, que passou ofender verbalmente a dona da sorveteria. Ele chamou a vítima de "palhaça" e "lixo", dentre outros xingamentos, e apontava o dedo constantemente contra ela, proferindo uma série de palavrões e ameaças. Ele também chutou uma cadeira e destruiu um cone ao deixar a loja.

A mulher disse que deve registrar um Boletim de Ocorrência sobre o caso. As imagens das câmeras de segurança serão entregues para a polícia.

O cliente, por sua vez, alega ter um vídeo em que mostra que ele foi agredido primeiro pela comerciante, tendo recebido tapas no braço. Ele também disse que vai registrar um BO contra ela e a sorveteria.