Reunião entre governo federal e operadoras vai discutir retomada dos cruzeiros marítimos no BrasilDivulgação

PORTO - Uma reunião nesta quarta-feira (16) em Brasília irá tratar da retomada da temporada de cruzeiros marítimos no litoral brasileiro. O encontro deve reunir os ministérios da Infraestrutura, Saúde e Turismo, junto com as operadoras de cruzeiros.

“A gente sabe que esse setor do turismo sofreu bastante com a pandemia, vários protocolos já foram adotados em cruzeiros marítimos pelo mundo afora. Nós precisamos também que a nossa temporada de cruzeiros seja garantida”, disse a deputada federal Rosana Valle (PSB), que deve acompanhar a reunião desta quarta.

A parlamentar argumenta que é preciso a retomada desse setor no país, especialmente no caso da Baixada Santista, que é uma das regiões que mais recebe turistas de cruzeiros marítimos no Brasil.

“Sempre fui defensora do Turismo e acreditamos que vamos retomar essas atividades com segurança. Queremos dar tranquilidade para a população retomar essas viagens, seguindo esses protocolos, tanto para a proteção dos passageiros quando dos tripulantes e das comunidades onde esses navios vão fazer escalas”, concluiu.

A temporada de cruzeiros, que deverá ser iniciada na Baixada Santista com as primeiras embarcações em meados de novembro, está sendo impactada por causa da pandemia do novo coronavírus. A Costa Cruzeiros, que traria a Santos dois navios na temporada 2020/2021, o Costa Luminosa e Costa Fascinosa, já cancelou sua participação na temporada, na América do Sul. Com a decisão, a região terá uma queda de 209 mil passageiros em trânsito, segundo estimativas do Terminal Marítimo de Passageiros Giusfredo Santini (Concais).

Por enquanto, de acordo com a diretora de operações do Concais, Sueli Martinez, apenas a MSC mantém a expectativa de operação, com três transatlânticos: Preziosa, Seaview e Musica. Porém, ainda não há confirmação, porque os cruzeiros aguardam autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).