Anvisa autoriza ampliação de teste da vacina de OxfordReprodução/Agência Brasil

SAÚDE - Nesta terça-feira (15), a Anvisa autorizou que os estudos da vacina de Oxford incluam novos voluntários, passando de 5 mil para 10 mil participantes no Brasil.

A solicitação foi feita pelo laboratório responsável pelo desenvolvimento da vacina.

A Anvisa também autorizou a ampliação da faixa etária de teste da vacina para participantes maiores de 69 anos e a inclusão de dois novos estados nos testes de Oxford: Rio Grande do Norte e Rio Grande do Sul.

Alterações em outras pesquisas
As solicitações de ampliação de voluntários e outras mudanças em testes clínicos são comuns.

Na última semana a Anvisa já havia autorizada mudanças nos estudos da vacina que está sendo pesquisada pela Pfizer-Wyeth. Neste caso a solicitação foi pela inclusão de um novo local de fabricação para as vacinas que estão sendo utilizadas nos testes.

Estas mudanças estão relacionadas ao objetivo da pesquisa que é produzir dados sólidos sobre o desempenho de cada produto e conhecer melhor os seus efeitos em diferentes grupos populacionais.