Jovem que havia desaparecido é encontrado morto dentro de saco de lixo às margens de rodoviaReprodução

BERTIOGA - Um jovem que estava desaparecido há 12 dias foi encontrado morto dentro de um saco de lixo às margens da Rodovia Rio-Santos, na altura de Bertioga. O corpo foi encontrado cerca de 80 metros mata adentro.

O adolescente Gustavo Neves de Aguiar, de 20 anos, estava desaparecido desde o dia 27 de agosto. Na ocasião, ele pediu R$ 3 para a sua avó para pagar a lotação e disse a ela, ao sair de casa, que iria "cobrar uma dívida", mas que logo retornaria.

Porém, depois desse dia, a família de Gustavo não teve mais notícias dele. Preocupados, os familiares chegaram a procurar informações do jovem em delegacias, hospitais e até mesmo no IML, mas continuaram sem respostas sobre o seu paradeiro.

No dia 5 de setembro, a família registrou o boletim de ocorrência do desaparecimento do rapaz.

Dias depois, os familiares receberam, através de um contato que fizeram em uma funerária da região, a notícia sobre a morte de Gustavo.

O corpo do jovem havia sido encontrado no dia 31 de agosto, enrolado em um saco plástico preto, nas margens da Rio-Santos, na altura do bairro Sítio São João. O corpo da vítima apresentava sinais de perfuração no pescoço.

Segundo informações obtidas pela família, o corpo foi encaminhado ao IML de Praia Grande. Como não foram encontrados documentos que o identificassem na ocasião, ele foi enterrado no dia seguinte no Cemitério de Bertioga.

Desta forma, o reconhecimento do corpo só pôde ser feito através de fotos analisadas pelos familiares no IML de Praia Grande.

A ocorrência foi registrada como homicídio simples na Delegacia de Bertioga. Posteriormente, o caso foi encaminhado para o Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP).