Cine Júlio Dantas fecha as portas no Centro de Santos após 41 anosReprodução
CENTRO DE SANTOS - Após 41 anos de atividade ininterrupta, o Cine Júlio Dantas, remanescente do cinema de entretenimento adulto, em Santos, fechou as portas. O motivo foi a pandemia do novo coronavírus, que impediu o funcionamento das salas de cinema em toda a região. 

Localizado no Centro de Santos, o cinema fazia parte do circuito boêmio santista e foi inaugurado em 1979, na Rua Martim Afonso. O equipamento funcionou por décadas neste endereço e, em meados de 2006, mudou para a Rua São Francisco.

A história do cinema teve início em 1956, quando o Real Centro Português transformou seu salão-teatro, uma área ociosa, no Júlio Dantas, que surgia como uma das casas teatrais mais confortáveis da Cidade. O nome do local foi uma homenagem ao teatrólogo português que teve suas principais obras encenadas no palco da casa.

Em meio a dívidas crescentes, o cinema vendido, na década de 1979, foi adaptado para receber exibições voltadas aos maiores de 18 anos. Naquela época, a televisão obrigou boa parte dos cinemas, principalmente os de bairro, a encerrar suas atividades. Assim como aconteceu com o Teatro Coliseu, a solução encontrada para o Cine Júlio Dantas foi a exibição de filmes adultos, que rendia uma freqüência média de 90 pessoas por dia.