Banhistas lotam praias de São Vicente, sem máscara

SEM PROTEÇÃO - Em mais um final de semana de sol, o que se viu na orla de São Vicente foi um completo desrespeito às recomendações básicas de combate ao novo coronavírus.

Na Cidade, que contabiliza mais de 4,6 mil casos da doença, com mais de 300 mortes, a sensação era de que a pandemia já havia acabado. Isso porque, apesar de só ser permitida, na faixa de areia, a prática de esportes, com o uso de máscara e respeitando o distanciamento, a Reportagem flagrou, neste sábado (8), dezenas de banhistas ignorando as orientações.


noticia2020881824837.jpg

O distanciamento social, uma das medidas fundamentais para evitar a propagação da doença, também não era adotado pelos munícipes, que aproveitavam o dia de calor no Município, caminhando, praticando esportes ou apenas conversando em banquinhos no calçadão. 

O episódio ocorre mesmo após promessa do prefeito Pedro Gouvêa de implantar uma fiscalização mais rigorosa na orla, principalmente entre as praias do Itararé e dos Milionários, na subida da Ilha Porchat.

Apesar dos abusos registrados pela Reportagem, em nota, a Prefeitura de São Vicente informou que a Polícia Militar e a Polícia Civil intensificaram as ações nos locais de maior movimentação na orla vicentina.

Informou ainda que entre as metas do plano de ação, em prática desde 31 de julho, estão o controle do fluxo de ciclistas que transitam irregularmente pelo local, o impedimento do uso de aparelhos sonoros portáteis em horários impróprios e a dispersão de aglomerações, principalmente neste período de pandemia e de necessidade do afastamento social.

O Município informa ainda que destinou uma base móvel, por meio da Guarda Civil Municipal (GCM) para colaborar com o policiamento constante já realizado pela Polícia Militar. O trabalho conjunto permite revezamento e, com isso, a atenção à segurança está garantida 24 horas por dia.

noticia202088191130.jpg