Aos 91 anos, morre o maestro italiano Ennio MorriconeEPA
LUTO - Morreu nesta segunda-feira (6), aos 91 anos, o maestro italiano Ennio Morricone, autor de inesquecíveis trilhas sonoras para o cinema e vencedor de duas estatuetas no Oscar, incluindo uma pelo conjunto de sua obra e outra por "Os Oito Odiados". O músico reverenciado compôs a trilha sonora de dezenas de filmes, incluindo "O Bom, o Mau e o Feio" e "Cinema Paradiso", mas seu nome estava mais intimamente ligado ao diretor Sergio Leone, com quem trabalhou nos agora clássicos Spaghetti Westerns. Junto com o compositor John Williams, ele recebeu o Prêmio de Princesa das Astúrias de Artes na Espanha há alguns dias.

O músico e compositor faleceu em uma clínica de Roma, capital da Itália, devido às consequências de uma queda que fraturou seu fêmur. A família anunciou, por meio do advogado Giorgio Assumma, que o funeral de Morricone será fechado ao público, "no respeito ao sentimento de humildade que sempre inspirou os atos de sua existência".

Segundo Assumma, o maestro "conservou a plena lucidez e grande dignidade até o fim. "Ele saudou a amada esposa Maria, que o acompanhou com dedicação em cada instante de sua vida humana e profissional e esteve a seu lado até o último respiro, e agradeceu a filhos e netos pelo amor e pelo cuidado que lhe doaram", declarou.

Ainda de acordo com o advogado da família, Morricone também "dedicou uma comovida recordação a seu público, de cujo afetuoso apoio sempre tirou a força da própria criatividade.