Bertioga vai receber quatro respiradores do Governo do EstadoDivulgação Governo do Estado de SP
CORONAVÍRUS - O Hospital Municipal de Bertioga contará com reforço de quatro respiradores que serão enviados nesta quarta-feira pelo Governo do Estado de São Paulo. No total, são 50 respiradores para serviços públicos de saúde localizados, além de Bertioga, nas regiões de Ribeirão Preto, Araçatuba, Sorocaba e Campinas.

Para a região de Ribeirão, serão 34 ventiladores pulmonares, distribuídos a entidades filantrópicas e serviços municipais, a saber: Hospital de Campanha de Ribeirão Preto (7), Hospital Santa Lidia de Ribeirão Preto (6), ), Santa Casa de Ribeirão Preto (4), Santa Casa de Serrana (1), Santa Casa de Sertãozinho (4), Santa Casa de Cajuru (2), Santa Casa de Cravinhos (2), Santa Casa de Guariba (1), UPA de Batatais (1), UPA de Brodowski (1), UPA de Luis Antonio (1), Santa Casa de Pontal (1), Santa Casa de Santa Rosa do Viterbo (1), Unidade Mista de Santo Antonio da Alegria (1) e UPA de Serrana (1).

Outros cinco equipamentos vão para o Hospital de Campanha de Ibiúna, na região de Sorocaba. Já na área de Campinas, Serra Negra e o Pronto Socorro Municipal de Santa Bárbara receberão dois respiradores cada. Para a região de Araçatuba, serão benecifiadas a Santa Casa de Auriflama (1) e Buritana (2).

“Já distribuímos 2.400 respiradores em hospitais de todo Estado. Isso contribui para a abertura de novos leitos de UTI e, assim, para ampliar a rede de assistência para os casos graves da COVID-19”, diz o Secretário de Estado da Saúde, José Henrique Germann.

Preparo dos respiradores
Os respiradores enviados para os hospitais passam por um processo completo de preparação e testagem no Complexo do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, no Centro de Convenções Rebouças, na capital.

No local, dezenas de equipamentos são desembalados, verificados, montados, testados, calibrados e rechecados diariamente. Depois desse processo, são encaminhados para os hospitais já em condições de uso imediato, com a exigência de que sejam instalados e usados para assistência aos pacientes com coronavírus.

A distribuição é técnica e feita para os locais com maior demanda de internações de casos da COVID-19, com estrutura e condição de abertura de novos leitos, permitindo ampliação da rede e da capacidade de atendimento. Novas remessas de respiradores serão entregues no decorrer de julho, permitindo assim um redirecionamento contínuo a outros municípios e hospitais de referência de todo o estado.