EXCLUSIVO: cidades com condições inadequadas não terão flexibilização agora, anuncia João DoriaReprodução Santa Cecília TV
EXCLUSIVO - Em entrevista exclusiva via internet ao Bom Dia Cidades, da Santa Cecília TV, João Doria, governador de São Paulo, afirmou que as cidades que tiverem condições inadequadas não terão flexibilização das atividades econômicas. As novas medidas serão anunciadas hoje em coletiva ao meio-dia, no Palácio dos Bandeirantes. O atual período de quarentena termina no domingo (31).

"Ela (a quarentena) será heterogênea. Em determinadas áreas do Estado teremos alguma flexibilização, desde que tenhamos respaldo de números da ciência: disponibilidade de leitos de UTI, acompanhamento dos casos de coronavírus e índices de isolamento social. Antes de salvar a economia, temos que salvar vidas", sentencia Doria.

A Baixada Santista, segundo Doria, é um ponto de atenção e apontou o trabalho responsável dos prefeitos das cidades da Baixada Santista com relação ao novo coronavírus.

"Por isso, destinamos mais R$ 30 milhões paa 350 leitos e, agora, encaminhamento de respiradores. Ontem, chegaram 200 da Turquia, se juntam aos 133 da China. Ontem, falei com o ministro interino da Saúde Eduardo Pazuello e serão encaminahados para o Estado mais 150 respiradores até o fim da semana e 300 até a próxima semana", detalha o governador.