Curso de contação de histórias reúne voluntários para atuar em hospitais da cidade de SantosDIVULGAÇÃO
CURSO - A Associação Eduardo Furkini que representa na Região Metropolitana da Baixada Santista a Associação Viva e Deixe Viver (Viva), abre as inscrições para o curso “A Arte de Contar Histórias e do Brincar no Âmbito da Saúde e da Educação”. O curso tem o intuito de reforçar a importância do acolhimento e da empatia através das histórias.

O início do curso é neste sábado e vai continuar nos próximos sábados 08, 15 e 29 de fevereiro e 07 de março, no Museu da Imagem e do Som de Santos - MISS, a partir das 10h.

As inscrições podem ser realizadas através do site aef.org.br/curso ou na sede da Associação Eduardo Furkini e o investimento é de 150 reais. Os curso oferece certificado e os participantes atuarão como contadores de histórias no Hospital Guilherme Álvaro e Complexo Hospitalar dos Estivadores em Santos.

Viva
A Associação Viva e Deixe Viver é uma organização não governamental, criada em agosto de 1997, formada por mais de mil voluntários e em sua maioria contadores de histórias atuantes e está presente em hospitais de São Paulo e de outros Estados e cidades do País.

Associação Eduardo Furkini
A Associação Eduardo Furkini – AEF, foi fundada em 27 de setembro de 2011, é uma sociedade civil sem fins lucrativos, que nasceu do desejo de manter viva a memória de José Eduardo Gonçalves, em artes, Eduardo Furkini. A Associação também desenvolve Projetos e Ações Sociais voltados à população em situação de risco e visa levar aos atendidos mensagens de paz, atenção e carinho por meio de atividades lúdicas, além de promover a valorização e o desenvolvimento da cultura de paz, combatendo a todas as formas de preconceitos, discriminação, desigualdades e exclusão social.

noticia20201311220896.jpg