A chipa é uma iguaria tradicional da culinária paraguaia. Ela tem suas origens nos índios guaranis e começou a ser conhecida com as missões jesuítas e franciscanas, conforme registrado em documentos a partir do século 16. A receita tradicional inclui polvilhos doce e azedo, margarina ou manteiga, queijo, ovos, sal e fermento. Depois da massa pronta, as chipas são moldadas em forma de "ferradura" e levadas ao forno para assar.





O pão de queijo brasileiro é uma das variações sul-americanas da chipa paraguaia original, mas com uma consistência e gosto diferentes. A principal diferença entre os dois é que a chipa leva mais queijo que o próprio pão de queijo.





No Brasil, virou um produto muito popular no Mato Grosso do Sul, cuja cultura e gastronomia são fortemente influenciadas pelo Paraguai, país com o qual compartilha uma grande fronteira.





Na cidade de São Paulo é possível, pelo Delivery, provar uma autêntica chipa paraguaia, elaborada pela empresa Chipa Guany, que fica no bairro do Campo Belo, na Zona Sul da capital. Sua chipa é produzida, artesanalmente, com os ingredientes tradicionais citados, e sempre com queijo Meia Cura, para lhe garantir um sabor ainda mais marcante.





“Criamos a Chipa Guany para trazer para São Paulo o sabor típico da chipa que eu experimentei em Campo Grande (MS), e que é desconhecido pela maioria dos paulistanos. Usamos a receita original, no formato tradicional da ferradura, que é divertido e único no mercado”, explica Carlos Eduardo Turqueto, um dos sócios do negócio.





Elas são vendidas congeladas, em embalagens de 400 gramas (cerca de 20 unidades), pelo preço de R$ 28,00. Eles não possuem loja física, mas é possível retirar no local de fabricação ou fazer pedidos pelo telefone.