O torcedor santista está feliz, um dos destaques entre os Meninos da Vila que estão classificados para a terceira fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior, o atacante Weslley Patati estendeu seu contrato com o Santos até dezembro de 2024. A assinatura aconteceu ainda na noite da última quarta-feira (12), após a vitória por 3 a 0 do Santos contra o Chapadinha pela Copinha. Patati, inclusive, foi o autor de um dos gols da vitória. Por outro lado, a situação de Marcos Leonardo é bem mais complicada.





O jovem de 18 anos nascido no Maranhão, é uma das grandes promessas atuais do Peixe. Sua renovação era um dos principais pedidos entre os santistas nas redes sociais nos últimos dias. Patati disse que, agora, os torcedores podem se manter tranquilos.





“Agora a torcida pode ficar mais tranquila. Ainda vou ter muito tempo jogando com esse manto, se Deus quiser. Vamos que vamos, já renovamos e vamos para cima. Estou muito feliz por vestir esse manto, por dar alegria à torcida e espero continuar assim”, comemorou Patati.





“Graças a Deus estou podendo mostrar o meu melhor futebol. Quero continuar assim, dando o meu melhor, me destacando e sempre crescendo cada vez mais. Espero que a torcida possa continuar nos apoiando no resto da Copinha, todo mundo junto, vai ser uma força muito grande para todos nós. Estou muito feliz por estar crescendo ao longo do campeonato. A gente vai chegar, temos certeza, nosso grupo está muito forte e unido”, completou.





Marcos Leonardo. Foto: Ivan Storti/Santos FC




Na contramão de Patati, a situação do centroavante Marcos Leonardo segue sendo uma incerteza. O atleta se reapresentou juntamente com todo grupo para a Pré-Temporada, porém pode até ser afastado caso a negociação de renovação com o Santos não evolua.





O contrato de Marcos Leonardo com o Santos termina em Outubro de 2022 e, há um ano, os dirigentes tentam renovar com o jogador. Agora, o principal obstáculo não é o tempo de contrato e nem o valor salarial, mas sim as condições para que Marcos Leonardo siga vestindo a camisa do Santos. Seus empresários entendem que o jogador não está sendo valorizado e é utilizado somente quando não há outras possibilidades. Para estender o contrato, o staff do jogador quer “garantias” de que seu cliente vá ser uma peça importante.





Segundo informou primeiramente o UOL e confirmou o Portal Meu Peixão, haverá uma reunião na próxima semana entre o clube, empresário e pai do jogador para resolver a situação. A expectativa é que nessa reunião seja selada a permanência, ou não permanência, de Marcos Leonardo. Se a resposta for sim, o jogador continuará buscando sua vaga entre os titulares, porém, se a resposta for não, ao que tudo indica, o jovem centroavente pode ficar afastado até o término de seu contrato.





*Por Caio Caju / Meu Peixão