O Santos venceu o Grêmio no último domingo (10), na Vila Belmiro, pelo placar de 1 a 0, com gol marcado por Wagner Palha já nos acréscimos do segundo tempo. O duelo foi marcado pela estreia do novo terceiro uniforme, pela volta do torcedor santista ao estádio, e pelo fim do jejum santista de vitórias, que permanecia por 11 jogos consecutivos. Como de costume, alguns jogadores falaram antes do início da partida, entre eles estava o capitão Sánchez.





“Hoje é uma noite especial. Especial porque? Porque tem uma família pertinho, olhando por nós (torcedores). Então vamos jogar por eles, que sempre estão sofrendo, tristes que a gente não ganha, que faz 10 partidas que a gente não ganha. Então vamos jogar por eles”, falou Carlos Sánchez, camisa 7 do Peixe.





Após o apito final, a Vila Belmiro toda esteve em festa, comemorando, e muito, a vitória e o fim do jejum.





Já no vestiário, o técnico Fábio Carille conversou com os atletas e ressaltou a bela partida feita por sua equipe.





“Mais uma vez muito orgulhoso pela garra, pela determinação, pela família que está se criando aqui a partir do momento que eu cheguei aqui. Antes eu não posso falar nada porque eu não convivi isso, mas obrigado, ainda tem muita coisa pela frente. Eu sei com é para jogador, tira um, coloca o outro, mas aqui a gente pensa para o melhor de todos e para o melhor do Santos. Ninguém está com maldade, nem sacanagem com ninguém. Eu quero que vocês entendam isso, e vocês já entenderam, e isso é muito importante nesse momento. Quero agradecer aqui e celebrar muito essa vitória, que foi muito importante para a nossa caminhada. Obrigado”, disse o treinador.





O lateral-direito, Pará, também ressaltou o jogo, e comemorou a volta aos gramados do volante Jobson, após 10 meses afastado graças ao rompimento do ligamento cruzado do joelho direito:





“A gente queria dedicar também essa vitória, que foi espetacular, na raça como já foi dito, para o Jobson, que é um cara que ficou 10 meses longe. É muito bom ver isso, porque é um cara que trabalha para caramba, é um cara que faz parte da família e a gente não vai deixar para trás. Então hoje essa vitória foi para você Jobson”.





O Santos volta a campo na próxima quarta-feira (13), para enfrentar o líder Atlético Mineiro, as 19h, no estádio do Mineirão.





*Por Leonardo Crivelaro / Meu Peixão