Uma das principais promessas da base santista, o garoto Ângelo, de apenas 16 anos, está sendo monitorado pelo futebol alemão. Representantes do Bayern de Munique estarão presentes na Vila Belmiro para analisar o jogador e, posteriormente, formalizar uma proposta ao Santos Futebol Clube.





O interesse do time alemão na mais nova joia da Vila chegou por intermédio de Walter Schalka, membro do Comitê de Gestão santista, que possui bom trânsito no mercado alemão. Foi Schalka, inclusive, que intermediou a negociação de acordo do Santos com o Hamburgo, da Alemanha, referente a dívida de 4,5 milhões de euros que o clube tinha e quase o levou a perder pontos no Campeonato Brasileiro. Em outubro de 2020, houve acerto entre os clubes e o Peixe conseguiu um parcelamento para quitação do débito, contando também com um empréstimo de R$ 15 milhões do então candidato à presidência Andres Rueda.





Ângelo foi lançado ainda com 15 anos pelo ex-técnico Cuca, em 2020. No começo da atual temporada, o jovem ganhou muitas oportunidades com o treinador Ariel Holan, porém, perdeu espaço com a chegada de Fernando Diniz. Com o atual comandante, Fábio Carille, Ângelo voltou a ser lembrado como opção no ataque e chegou a substituir Marinho em jogos que o camisa 11 estava lesionado. Nas últimas partidas, o Menino da Vila vem entrando no segundo tempo e tendo boas exibições.





Na entrevista coletiva após a vitória por 1 a 0 contra o Flamengo, no Maracanã, nesta segunda-feira (06), Carille elogiou a postura do jovem dentro de campo.





“O Ângelo joga no Maracanã com 60 mil pessoas como se jogasse no quintal da casa dele.”, afirmou o técnico.





Na atual temporada, Ângelo tem 41 jogos e marcou um gol. No Campeonato Brasileiro foram 18 aparições, sendo apenas quatro como titular. Contra o Cuiabá, o jovem tem a possibilidade de aparecer entre os titulares, visto que Carille tem desfalques no setor ofensivo. Marcos Leonardo e Raniel estão suspensos e Diego Tardelli ainda não está com condições totais de jogo. Além disso, Léo Baptistão voltou recentemente de lesão e não tem condições de atuar os 90 minutos.





*Por Caio Caju / Meu Peixão