O São Paulo viajou nesta quinta (17) para Assunção, no Paraguai, onde a delegação recebeu a primeira dose da vacina contra a Covid-19, disponibilizada pela Conmebol.





A entidade sul-americana fechou acordo com a Sinovac, com ajuda do governo do Uruguai, para receber 5.000 doses da Coronavac.





É a vacina da mesma farmacêutica que tem acordo com o Instituto Butantã e o governo do estado de São Paulo para produção do imunizante.





A confederação pretende distribuir as doses para todo o futebol sul-americano, feminino e masculino.





Como no Brasil não é permitida a aplicação de vacinas adquiridas por empresas privadas, os times do país precisam recebê-la no exterior. Foi assim com o Atlético-GO e também com o Palmeiras.





"Atendendo à recomendação da Conmebol, a delegação são-paulina recebeu a primeira dose da vacina contra Covid-19", divulgou o time tricolor nas redes sociais.





Não foi informado quando nem onde o elenco tomará a segunda dose da vacina. A equipe viajou na manhã desta quinta, mas já retornou ao Brasil.