Enquanto petistas esperam que Márcio França (PSB) desista de concorrer ao Governo de São Paulo para apoiar Fernando Haddad (PT), o ex-governador Geraldo Alckmin (PSB), candidato a vice na chapa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), demonstrou apoio à candidatura de seu companheiro de partido nesta terça-feira (21).





"Aqui em São Paulo, o nosso líder tem nome e sobrenome: Márcio França. Estamos juntos viu, Márcio. É Márcio aqui e Lula lá", declarou durante um evento em Osasco (SP).





Haddad também mira o apoio de Alckmin. O ex-prefeito e o ex-governador estarão juntos em um compromisso de campanha, na sexta-feira (24), em Andradina (SP), onde está prevista a inauguração de um laticínio.