O ator Ryan Reynolds, 45, conversou por vídeo com o editor sênior do LinkedIn News, Jessi Hempel, sobre a pausa na gravação de filmes que ele tirou para ficar mais tempo com os filhos. A entrevista foi publicada nesta segunda (6) na plataforma. O ator é conhecido por dar vida ao anti-herói DeadPool, Lanterna-Verde, e mais recentemente por seu trabalho em Free Guy.





Reynolds falou que já atuou muito e que é "extremamente apaixonado" por sua agência de criação Maximum Effort, que ele ajudou a fundar em 2018, e pela plataforma de software MNTN, onde atua como diretor de criação.





"O mais importante para mim, e sei que você também tem filhos, é que não quero perder esse momento com meus filhos", disse o ator. Ele é pai de James, 6, Inez, 5 e Betty, 2, com a esposa Blake Lively.





Ryan Reynolds disse ainda que simplesmente quer viver a vida como um humano normal e que os filhos tenham uma programação. "Por muitos anos, quando minha esposa Blake fazia um filme, eu não o fazia e eu estaríamos com as crianças e vice-versa. Então, nós meio que trocávamos. Nunca trabalhamos ao mesmo tempo. Mas sempre estávamos fora. Então, as crianças também estavam fora."





Segundo o ator, esse estilo de vida se tornou um desafio à medida que os filhos crescem e estão na escola. "Acho que é totalmente importante para o desenvolvimento deles e eu realmente gosto de ser um pai presente. Adoro levá-los para a escola de manhã, adoro pegá-los. Eu amo o fato de ter horas para me concentrar nas coisas pelas quais sou realmente apaixonado, como MNTN e esforço máximo ", disse Ryan Reynolds.





O ator anunciou pela primeira vez que faria uma pausa na produção de filmes em outubro, após terminar o filme de Natal, Spirited. "Não me lembro de ter aceitado participar de um filme tão desafiador nos últimos três anos", disse.





"É o momento perfeito para um período sabático do cinema. Vou sentir saudade de cada segundo que trabalhei com esse grupo talentoso de diretores e artistas. Nesses dias, bondade importa tanto quanto talento. Tive sorte de trabalhar com pessoas que têm os dois."