Divulgação Divulgação

Ai, o Nivus vem aí

A Volkswagen liberou as primeiras imagens de seu mais novo produto. O SUV compacto Nivus chega com um design considerado inovadore tecnologias de segmento premium. O modelo está em fase final de testes pelas ruas e estradas brasileiras e será lançado ainda no primeiro semestre deste ano. A partir do segundo semestre chegará aos demais países da região América do Sul.

O Nivus será fabricado na planta Anchieta, em São Bernardo do Campo (SP), sob a Estratégia Modular MQB, a mesma de Polo, Virtus, Tiguan e T-Cross. Será o primeiro modelo desenvolvido por aqui e que será também produzido e comercializado na Europa.

Já anda chamando a atenção pelo design. O Nivus traz uma queda suave da coluna ‘C’, uma característica típica dos cupês. Vai chegar com faróis e lanternas em LED, além do DRL (luzes diurnas em LED). As novas rodas de liga leve têm 17 polegadas.

O novo sistema de infotainment foi totalmente desenvolvido no Brasil e chama VW Play. Ele traz uma nova tela de altíssima definição. O porta-malas tem capacidade para 415 litros.

Uma das muitas novidades é a introdução do ACC (Adaptive Cruise Control), que permite ao motorista ajustar a velocidade e a distância que deseja trafegar em relação ao veículo à frente (vao programando tudo: velocidade, distância etc). O Nivus traz também o Autonomous Emergency Brake (AEB), ou freio de emergência, recurso que, ao identificar o risco de uma colisão frontal, freia o carro de maneira autônoma. O pacote de segurança traz ainda o Front Assist, sistema que, por meio de radar e sensores, monitora o tráfego e alerta o motorista.

Sob o capô haverá p 200 TSI de três cilindros, flex e com injeção direta de combustível. Este propulsor entrega até 128 cv de potência máxima e 20,4 kgfm de torque com etanol no tanque. A transmissão é automática de seis marchas.

 

 

Leia Mais
  • Publicado por: Paulo Rogério
  • Postado em: quinta-feira, 16 abr 2020 11:50Atualizado em: quinta-feira, 16 abr 2020 11:53
  • Nivus   Volkswagen   lançamento   
Divulgação Divulgação

Precisamos falar sobre o Nivus

O Nivus não chegou da maneira como a Volkswagen imaginava que chegaria, mas chegou porque precisava chegar. Em tempos pandêmicos, nos quais uma região pode mais que as outras, dizer ao mercado que há um produto novíssimo na área cria um pouco mais de expectativa a quem logo – ou não – terá de volta sua vida normal.

Aos fatos: o Nivus será fabricado no Brasil, na Unidade Anchieta da Volks (Km 23,5, sentido Litoral) e comercializado no mundo. Por aqui chega em julho, no fim do ano a outros países da América Latina e depois na Europa. De acordo com a Volkswagen, trata-se de um SUV de entrada ou um, como gostam de classificar, subcompacto.

Tudo sobre o Nivus está aqui https://www.autoaventura.com.br/2020/05/ainda-sem-preco-volkswagen-nivus-chega-ao-brasil-nas-proximas-semanas.html

Aos fatos, parte 2: quando a Volkswagen define o Nivus como SUV subcompacto, o leva ao segmento onde se encontra o Honda WR-V e...e...mais ninguém. Porque Honda HR-V, Nissan Kicks, Renault Duster e outros estão um patamar acima em termos de categoria.

Então a Volkswagen tem boas perspectivas e corre alguns riscos. As boas perspectivas estão no design do Nivus (veja aí e diga se gostou; daqui, aprovamos) e o motor 1.0 TSI de 128 cv. Em suma, é um propulsor potente e muito econômico. Essas três letrinhas (TSI) significam injeção direta. É um prazer acelerar carros com tal alcunha.

O Nivus traz ainda controle de velocidade de cruzeiro (quando você programa a distância do carro à frente) e traz o inédito VW Play, novo sistema de infotainment da marca. E, claro, há a confiança nos carros VW e nesse ponto a marca leva uma larga vantagem.

Os riscos: é um segmento sem relevância no mercado. O WR-V, por exemplo, foi lançado em 2017 e jamais emplacou. Na realidade é um Fit maior e o público acostumou-se (com razão) ao hatch. Compacto por compacto o público preferiu o Fit.

No caso do Nivus, há um outro risco: o fogo amigo com o T-Cross. Esse, sim, concorrente dos HR-Vs e Kicks da vida. O que pode acontecer é o público aprovar o Nivus (não será difícil isso acontecer) e abandonar o T-Cross, que ficaria acumulando nos pátios. Ok, o T-Cross ainda traz motor 1.4, mas um 1.0 TSI manda muito bem.

Vamos aguardar, mas a perspectiva é das melhores.

Aceleremos!!

 

 

Leia Mais
  • Publicado por: Paulo Rogério
  • Postado em: sexta-feira, 29 mai 2020 18:28Atualizado em: sexta-feira, 29 mai 2020 18:28
  • Nivus   carro   Volkswagen   
Divulgação Divulgação

De trás para a frente

A Volkswagen entrou no universo dos SUVs mais, digamos, populares e acessíveis de uma maneira bastante agressiva. Tanto é verdade que na terça-feira, dia 30, a marca disponibilizou 1 mil unidades adicionais para a pré-reserva do Nivus na sua rede de concessionárias.

Os benefícios oferecidos foram os mesmos do primeiro lote, entregue logo após o lançamento do modelo na semana passada: um ano de seguro gratuito, um ano de mensalidade para passar em pedágios e um ano do aplicativo de audiobook 12 Minutos.

Além disso, a Volkswagen Financial Services mantém a condição especial que permite que o cliente fique um ano sem pagar parcelas (carência de 12 meses para início dos pagamentos, 35 parcelas regulares e uma parcela final de 30%, com taxa de 1,09%).

De acordo com a Volkswagen, o volume adicional estará disponível na rede de concessionárias. Para concretizar a pré-reserva, cada concessionário cobrará um valor de entrada a ser definido de loja para loja.

A marca atribui a prorrogação ao fato de fechar 1.200 vendas em poucas horas na última sexta-feira, quando as pré-vendas foram abertas, mas tem um outro fator aí, citado inclusive pela alta cúpula da montadora: a Volkswagen demorou 12 anos para entrar no mercado em que Renault Duster, Honda HR-V, Nissan Kicks, Hyundai Creta e outros caminham há tempos. Quer dizer, havia a necessidade de algo impactante para marcar presença e que fosse além do produto em si.

No entanto o produto em si pode ser um diferencial. Primeiro, porque o Nivus é feito na plataforma MQB-A0, a mesma do Polo e que vem sendo um dos motes do novo momento da marca. É uma plataforma que, a julgar pelos últimos lançamentos, deixa os carros bastante interessantes. Segundo, porque a confiança na marca segue a mesma de outros tempos, ainda que falemos dos tempos em que havia a marca e outras três.

Os inéditos tempos inter e pós-pandêmicos também darão o ar da graça no sentido de terem igualado as condições para todo mundo.

Pode ser a hora da Volkswagen dizer “cheguei tarde, mas cheguei” e colocar o Nivus na linha de frente para tentar tomar a dianteira nas vendas.

Aceleremos!!!

 

 

Leia Mais
  • Publicado por: Paulo Rogério
  • Postado em: quinta-feira, 02 jul 2020 23:47Atualizado em: quinta-feira, 02 jul 2020 23:48
  • Volkswagen   Nivus   benefícios   
     
Sobre
O mundo automotivo dentro e fora da estrada! Pelo jornalista Paulo Rogério, especializado em automobilismo.