Santos vai revisar pela primeira vez seu Plano Diretor de Turismo (PDTur), criado em 2017, para definir 36 objetivos, 70 estratégias e 30 programas voltados ao desenvolvimento do setor até 2027.





Prevista em lei, a revisão contará com a área de turismo do Senac, contratada pela Secretaria de Empreendedorismo, Economia Criativa e Turismo (Seectur), para capacitar as pessoas que revisarão o PDtur - um grupo de trabalho formado por servidores da Seectur e membros do Conselho Municipal de Turismo (COMTUR).  





A revisão vai rever diretrizes, analisar projetos executados e em andamento, determinar ações para os próximos anos e prioridades, pensando tanto no desenvolvimento do turismo quanto na melhoria da qualidade de vida dos santistas.





Após concluída, será discutida com a sociedade por meio de audiências públicas e, posteriormente, apreciada pela Câmara Municipal. O plano de Seectur é encerrar todo o processo até o fim do ano.





“Após tudo o que aconteceu na pandemia e a nova natureza da nossa secretaria, envolvendo a economia criativa, acreditamos que a revisão fará com o que o plano praticamente nasça de novo. Ser realizada com essa metodologia participativa é muito importante”, declarou a secretária de Empreendedorismo, Economia Criativa e Turismo, Selley Storino.





Balanço





A revisão do PDtur foi um dos assuntos discutidos na  144ª Reunião Ordinária do COMTUR, realizada nesta terça-feira (27) por meio de videoconferência.A reunião também abordou outros temas relativos ao turismo local, como por exemplo balanços do Festival Santos Café, que ocorreu entre os dias 8 e 10 e da Expo Retomada, evento realizado em Santos pelo governo estadual para examinar a viabilidade de realização de feiras de negócios após o período de inatividade imposto pela pandemia de covid-19.