VACINAÇÃO - O Governo do Estado de São confirmou que vai iniciar a vacinação dos trabalhadores do Porto de Santos a partir da próxima terça-feira (1º). Ao todo, devem ser vacinados 21 mil portuários. A informação foi confirmada pelo governador João Doria em entrevista coletiva nesta quarta (26), no Palácio dos Bandeirantes.





Na noite de ontem, os ministérios da Infraestrutura e da Saúde haviam confirmado que os 150 mil trabalhadores portuários de todo o Brasil seriam vacinados. A recomendação dos ministérios é para que os trabalhadores portuários procurem as secretarias de saúde das cidades e cobrem a respeito da vacinação da categoria. A primeira etapa vai atender 100% dos trabalhadores portuários e 78% de pessoas ligadas ao transporte aéreo.





No entanto, a coordenadora do Programa Estadual de Imunização, Regiane de Paula, alerta que o total de doses enviadas pelo governo federal é insuficiente para a vacinação de todos os trabalhadores do Porto de Santos.





?Pretendemos que no dia 1º de junho 21 mil pessoas que trabalham no Porto de Santos sejam vacinadas. Mas para isso nós precisamos que o Ministério da Saúde envie mais doses. O quantitativo que foi enviado até agora não é suficiente para a vacinação completa desse público-alvo?, disse Regiane.





O grupo de portuários abrange neste momento funcionários das autoridades portuárias, funcionários de operadores (arrendatário ou autorizatário) e trabalhadores avulsos. Esses trabalhadores devem ser imunizados com as vacinas da AstraZeneca/Oxford, produzidas pela Fiocruz.