INICIATIVA - A ONG Grupo Esperança fez um trabalho de conscientização neste sábado em Cubatão sobre as hepatites virais, em razão do Julho Amarelo, que trata da atenção a esta doença.





A ação aconteceu nas imediações de uma feira livre e de um posto de vacinação da gripe, montadas no Paço Municipal. Voluntários distribuíram panfletos com informações a respeito.





"As hepatites B e C são doenças assintomáticas e a do tipo C  não tinham tratamento eficaz até 2015, quando novos medicamentos foram criados e estão disponíveis no SUS, além da testagem, afirma Jeová Pessin Fragoso, presidente da ONG. Ele fez transplante de fígado em 1994, em razão da doença. "Por isso, peça ao seu médico a sorologia das hepatites B e C, que não estão no hemograma", emenda.





O próximo local do trabalho de conscientização por parte da ONG Grupo Esperança sobre as hepatites virais ainda não está definido. Recentemente, a entidade lançou uma cartilha relativa à Hepatite C.