A licitação para a construção do 21º Batalhão em Guarujá, na Enseada, foi lançada na última semana, após publicação da abertura no Diário Oficial. Agora, uma empresa deve ser contratada para realizar os serviços de engenharia.





A nova sede do 21º Batalhão de Polícia Militar do Interior ficará na Avenida Atlântida, 380, Jardim Centenário, na Enseada. O valor da obra está estimado em pouco mais R$ 24,7 milhões e a área, de  3.630 metros quadrados, foi doada pela Prefeitura, nos termos da lei municipal nº 4.677/2019. Em abril deste ano, o prefeito de Guarujá, Válter Suman, entregou ao Estado o alvará para construção.





O prédio contará com três pavimentos e também vai abrigar a 5ª Companhia, Companhia de Força Tática e alojamento para o efetivo de policiais que vêm todos os anos para a Cidade participar da Operação Verão, que reforça a segurança na alta temporada. O Batalhão terá capacidade para 700 policiais.





A licitação é feita sob o regime de empreitada por preço global, com fornecimento total de materiais e mão-de-obra. A data limite para entrega dos envelopes é o dia 1º de setembro, por ocasião da realização da sessão pública. Passados os prazos legais e definida a vencedora, a empresa terá o prazo de 30 dias para implantar o canteiro de obras. A estimativa é que o trabalho seja finalizado em 14 meses.





“A unidade será referência na Baixada Santista, não temos estrutura igual na região. Além de acomodar o efetivo local da Operação Verão, também servirá de apoio para qualquer operação da Polícia Militar no Litoral”, explicou o tenente-coronel PM Alexandre da Silva. 





Para o secretário municipal de Defesa e Convivência Social de Guarujá, Luiz Cláudio Venâncio Alves, a nova sede será estratégica para a Cidade. “Estará numa região que oferece capilaridade para a atuação das forças de segurança, com fácil acesso tanto à região leste quanto à central”, destaca Venâncio, avaliando que o novo Batalhão será capaz de aprimorar ainda mais a união de forças entre a Polícia Militar e a Guarda Civil Municipal.