O Instituto Procomum realiza a ação "Entre amigas, trançar, minhas raízes e meus afetos: nossa ancestralidade" neste sábado (6), às 14h, em Santos. A atividade é uma parceria entre dois projetos que movimentam o instituto: o Lab Negritudes e o La Cuida - Laboratórios de Ativação para a Economia do Cuidado e dos Comuns. 





A ação irá reunir 20 mulheres para trançar os cabelos e participar de um bate-papo em um café da tarde. As tranças serão o elemento inspirador e também simbólico do encontro - aludindo à representação histórica, de memória, cuidado e resistência vivida por muitas dessas vozes. 





Instituto Procomum realiza ação com trancistas neste sábado
(Foto: Divulgação)




Para esse momento, foram convidadas as trancistas Bel Farias - pesquisadora das questões que envolvem os cabelos afros, tranças e turbante e diretora do Instituto Afropira, e Luciana da Cruz, artesã e idealizadora da Afro Santos Criativa e FeirAfro - e fundadora do Coletivo AfroTu, coletivo de  afroempreendedores da Baixada Santista. 





Ambas conduzirão o encontro a partir do compartilhamento de suas experiências, criando um momento para troca de histórias, ritmos e afetos. Quem quiser participar pode se inscrever pelo site (clique aqui). O Instituto Procomum fica na Rua Sete de Setembro, 52, na Vila Nova, em Santos.