O corpo de um homem foi encontrado na manhã desta quarta-feira (6), próximo ao viaduto do Morrinhos, em Guarujá.
Segundo informações preliminares, a vítima estava as pernas e braços amarrados.





A Polícia Militar foi acionada para atender a ocorrência. A perícia também foi acionada e fez os trabalhos no local, para encontrar possíveis vestígios que ajudem a investigação a apontar como o crime aconteceu. Cápsulas de munição foram encontradas na região também.





O corpo já foi retirado pelas autoridades e levado para o IML.





Procurada pelo Santa Portal, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) informa que o caso é investigado pela 3ª Delegacia de Investigações Sobre Homicídios da DEIC. Policiais da unidade estão no local realizando diligências para identificação da autoria e elucidação dos fatos. As investigações seguirão sob sigilo para garantir autonomia ao trabalho policial.






Foto: Reprodução





Quarto crime com as mesmas características na região:





Com mais esse caso, já é o quarto crime com as mesmas características que ocorrem na Baixada Santista nos últimos dias. Veja os casos anteriores:





- Dois jovens (20 e 22 anos) foram encontrados mortos na noite do último sábado (2), no bairro Jabaquara, em Santos. Uma das vítimas estava em um saco de nylon. O outro jovem morto estava envolto por um lençol e sacos de lixo. Os dois corpos estavam com sinais de golpes de faca. Segundo informações, eles seriam usuários de droga e viviam no Morro Santo Maria.





- Já no dia 3, um foi encontrado morto, com as mãos e os pés amarrados. Segundo a polícia, a vítima também tinha diversas marcas de tiros pelo corpo. O cadáver foi encontrado às margens da Rodovia Cônego Domênico Rangoni, no bairro Morrinhos, em Guarujá.





- O corpo de um homem foi encontrado, na manhã de segunda-feira (4), em um canal às margens de uma via no bairro Aviação, em Praia Grande. Segundo informações preliminares, o corpo da vítima foi encontrado com os pés e mãos amarrados perto do canal da Avenida Dr. Roberto de Almeida Vinhas. O cadáver também teria marcas de tiros na região da cabeça.