Um golpista se passando por médico enviou mensagem pelo WhatsApp para a neta de uma idosa internada no Hospital Guilherme Álvaro (HGA), em Santos, na manhã de segunda-feira (11). Sob o pretexto de que a paciente precisaria ser removida de ambulância com Unidade de Terapia Intensiva (UTI) a outro local para a realização de um exame, ele pediu o pagamento de R$ 550,00 por meio de Pix.





Residente em Guarujá, a neta tem 29 anos e estranhou o pedido, porque o HGA é da rede pública estadual. Em contato com o hospital, a jovem foi informada que se tratava de golpe e que outras famílias de pacientes, na mesma data, também receberam mensagens de pessoas se passando por médicos e pedindo dinheiro.





O falso médico que enviou mensagem para a neta da idosa utilizou uma linha com DDD 67, que abrange todo o estado do Mato Grosso do Sul. A chave Pix informada é um CPF vinculado a uma mulher. A jovem repassou estes dados na Delegacia de Guarujá ao registrar boletim de ocorrência. Além de identificar os estelionatários, a Polícia Civil quer descobrir como eles obtiveram os contatos dos parentes dos pacientes.