A Baixada Santista registra fortes chuvas na região desde as primeiras horas da manhã deste sábado (8). Em algumas cidades já foram registrados pontos de alagamento, causando transtornos para moradores.





Veja os dados de cada cidade:





São Vicente





A Prefeitura de São Vicente, por meio da Defesa Civil do Município, informa que os morros da Cidade estão sob nível de atenção. Não há registro de ocorrências. O acumulado de chuvas nas últimas 72 horas é de 132.4 mm.





A equipe da Defesa Civil continua vistoriando as áreas de risco, seguindo o Plano Preventivo da Defesa Civil (PPDC), iniciado em 1º de dezembro e que segue durante toda a temporada de verão.





A Cidade registrou pontos de alagamento em vias próximas à Linha Azul (via que corta os bairros Guassu, Catiapoã, Jóquei, Parque São Vicente e Cidade Náutica); Avenida Capitão Luis Antônio Pimenta e Viaduto Mario Covas, no Parque Bitaru; Avenida Tupiniquins, na divisa Praia Grande (Japuí).





Guarujá





A Prefeitura de Guarujá informa que a Defesa Civil do Município está realizando vistorias em campo durante o período das chuvas intensas e emite boletins periódicos sobre as ocorrências, com orientações no site institucional da Prefeitura e nas mídias sociais da Administração Municipal.





O boletim mais recente foi emitido às 8 horas deste sábado (8) e aponta que o acumulado de chuva nas últimas 24 horas é de 40,6 milímetros. Já nas últimas 72 horas é de 100,9 milímetros e o total do mês soma 137,3 milímetros. O atual estado é de atenção.





Nas últimas 24 horas ocorreu um deslizamento de terra no Morro do Engenho, mas não houve vítimas ou danos materiais.





A Defesa Civil de Guarujá orienta os moradores das áreas de risco a ficar atentos a qualquer irregularidade, como rachaduras ou trincas no chão ou paredes, inclinação de árvores, muros ou postes, deslizamento de terra ou surgimento de água mais barrenta do que o normal. Nesses casos, o munícipe deve procurar um lugar seguro e acionar a Defesa Civil pelo telefone 199.





Praia Grande





A Prefeitura de Praia Grande informa, por meio da Defesa Civil, que não houve ocorrências em decorrência da chuva em Praia Grande e que o setor está em estado de atenção. A Cidade registrou um acumulado de 32 mm de chuvas nas últimas 24 horas. O órgão informa que equipes estão de prontidão 24 horas por dia acompanhando a incidência das chuvas e pede que a população entre em contato, caso note algum problema neste  sentido, através dos telefones 199 e 153.





Cubatão





Apesar dos pontos de alagamento, a Secretaria de Defesa e Ordem Social (Sedos) ressalta que o fluxo de trânsito segue normalmente. A Defesa Civil de Cubatão informa que está tudo normal até o momento.





Bertioga





De acordo com a Defesa Civil de Bertioga, foram registrados 90 milímetros de chuva nas últimas 24 horas. O acúmulo total das últimas 72 horas é de 153 milímetros de chuva, ultrapassando a estimativa de 144 milímetros previsto pelo boletim meteorológico emitido pela Defesa Civil Estadual.





Para garantir a segurança de todos, o órgão municipal está em alerta atuando pelo Plano Preventivo de Defesa Civil (PPDC), fazendo vistorias em todos os bairros mapeados pelo IPT (Instituto de Pesquisa Tecnológicas), onde existe maior vulnerabilidade para alagamentos e enchentes.





Há pontos de alagamentos em diversos bairros, porém não houve desabrigados nem desalojados. Bertioga não tem moradias em morros.





A Defesa Civil orienta que, em situações de emergência a população deve ligar no 199, disponível 24 horas.  Em caso de ocorrências como: queda de árvores, desabamentos, alagamentos, enchentes e situações relacionadas a raios e ventos; a recomendação é para que as pessoas busquem um local seguro e peçam apoio das equipes.





Mongaguá





O acumulado de chuvas em 72 horas foi de aproximadamente 101 mm.





A Prefeitura de Mongaguá informa que, apesar da intensidade das chuvas, não foram registradas ocorrências graves. Não há moradores desalojados, em consequência de enchentes. Existem alguns pontos de alagamentos, contudo, estão sendo observados pela Defesa Civil e pela Diretoria de Serviços Externos, que está atenta aos locais que necessitam de alguma intervenção para melhorar o escoamento das águas pluviais (desobstrução de bueiros, tubulações e valas). 






Itanhaém

A Prefeitura informa que não há ocorrências no município até o momento.





* Santos e Peruíbe ainda não emitiram boletins sobre as chuvas. Assim que eles forem divulgados, serão publicados neste espaço.