A principal entrada de Cubatão, na Avenida Jornalista Giusfredo Santini, passará por obras de reurbanização. O prazo para a conclusão do serviço é de um ano, e a obra está avaliada em cerca de R$ 5 milhões, segundo a prefeitura.





Os trabalhos incluem nova pavimentação e cobertura do canal central, o que dará espaço para vagas de estacionamento e floreiras. O projeto abrange o jardim público projetado pelo paisagista Roberto Burle Marx, com a revitalização do monumento e chafariz.





As obras foram anunciadas nesta quinta-feira (17) com a cerimônia de assinatura do Termo de Responsabilidade de Implantação de Medidas Mitigadoras e/ou Compensatórias (Trimmc) entre a Prefeitura de Cubatão e a BR Distribuidora, que mantém base com acesso pela avenida.





“Trata-se de um momento de celebração, já que haverá também um impacto social muito importante”, destacou o prefeito Ademário Oliveira, detalhando que a via, prolongamento da Avenida Henry Borden, fazendo a ligação do trecho entre a via férrea e a Rodovia Cônego Domênico Rangoni, terá também ciclovia. “Com certeza se transformará em uma nova atração da Cidade”.





O gerente regional de Operações Sul-Sudeste, Ralf Garcia Coleman, ao lado do superintendente de Base-Cubatão, Fábio Roberto Mega, comentou que a empresa está localizada no município há cerca de quatro décadas. “Muito importante colaborar com a Prefeitura no controle do impacto causado pela operação”. A obra exigirá o investimento de cerca de R$ 5 milhões.