O Estado de São Paulo começou a vacinação de crianças de 5 a 11 anos contra a Covid-19 nesta sexta-feira (14), priorizando quem tem comorbidades ou deficiência. No entanto, as cidades da Baixada Santista ainda não receberam a nota técnica do governo com o cronograma de repasses.





Confira como cada município está lidando com o assunto:





Santos





A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Santos informa que aguarda a nota técnica do Governo do Estado de São Paulo com o número de doses que serão distribuídas para a vacinação do público infantil em Santos e o cronograma de repasse de doses. 





A partir do recebimento das informações, a pasta poderá definir a estratégia de imunização, quantidade de locais, dias e horários. De acordo com dados oficiais de Vigilância em Saúde, Santos possui cerca de 30 mil crianças entre 5 e 11 anos de idade. 





De forma antecipada, os profissionais de saúde do município estão sendo treinados para o atendimento deste público desde quarta-feira (12). As famílias já podem efetuar o pré-cadastro para a vacinação das crianças no site vacinajasp.gov.br.





São Vicente





A Prefeitura de São Vicente, por meio da Secretaria da Saúde (Sesau), informa que cerca de 35 mil crianças, de 5 a 11 anos, devem receber a dose de vacina contra a Covid-19.





Servidores que atuam nas unidades de saúde e Vigilância Epidemiológica receberam capacitação técnica da Secretaria da Saúde do Estado, por vídeoconferência, para a realização da imunização deste público.





No treinamento foram abordados temas como validade da vacina depois de descongelada e aberta, intervalo entre primeira e segunda dose, região a ser aplicada, diluição e dosagem, entre outros.





Praia Grande





Praia Grande contabiliza, aproximadamente, 33 mil crianças de 5 a 11 anos. A cidade aguarda ainda orientações do Estado, quantidade de doses que vão chegar, o dia que vão chegar, para definir o cronograma e demais orientações. o local para pré-cadastro é no site do Estado VacinaJa.





Guarujá





A Prefeitura de Guarujá informa que aguarda notificação e orientações do Governo Estadual a respeito do assunto.





Itanhaém





A prefeitura  de ITANHAÉM disponibilizara um portal para agendamento da vacina em crianças.





A Secretaria de Saúde já possui os insumos necessários em estoque. A previsão é que sejam vacinados cerca de 10 mil crianças entre 5 a 11 anos.





Mongaguá





Mongaguá tem aproximadamente 6 mil crianças nessa faixa etária. A Vigilância Epidemiológica está aguardando as orientações do DRS para a definição de quantas doses serão recebidas para os atendimentos desse público.





Cubatão





O Departamento de Vigilância à Saúde de Cubatão ainda não recebeu o informe técnico sobre a vacinação de crianças contra covid-19, mas já prepara o esquema de vacinação a ser anunciado assim que estiver definido.