As torres de iluminação na orla da praia de Santos começaram a ser recuperadas nesta terça-feira (14) pela prefeitura. Após queixas de moradores sobre os constantes ‘apagões’ na orla por conta de furtos de fiação, a expectativa é de que a iluminação seja restabelecida até sexta-feira (17).





O trabalho de recuperação é feito pela Secretaria de Serviços Públicos de Santos (Seserp), entre o canal 3 e a Praça das Bandeiras, no Gonzaga, onde os furtos de fios não comprometeram outros dispositivos do sistema.





O contrato emergencial com a empresa vencedora da licitação para execução do reparo na iluminação nos demais trechos da orla será iniciado no começo da próxima semana.





Após furtos de fios e ‘apagões’, orla de Santos tem iluminação recuperada
(Foto: Divulgação/Prefeitura de Santos)




A reativação do sistema de iluminação na faixa de areia será feita em etapas e depende da realização dos serviços de recuperação das infraestruturas e instalação de dispositivos de proteção para coibir o furto dos novos cabos elétricos.









Segurança





De janeiro a agosto deste ano, a Guarda Civil Municipal (GCM) de Santos atendeu 19 ocorrências de furtos de fiação na orla. Seis delas foram em flagrante. Oito suspeitos foram levados a delegacias.





Quando a GCM se depara com indivíduo em flagrante delito ou atitude suspeita, o mesmo é conduzido ao distrito policial (DP), onde são tomadas as devidas providências pela autoridade policial de plantão. 





A GCM também realiza forças-tarefas em apoio à Polícia Militar em ferros-velhos da Cidade com o objetivo de combater o crime de receptação de fiação de cobre. Neste ano, até sexta-feira (10), foram realizadas 33 operações nesses estabelecimentos, visando a fiscalização de documentos, bem como inibir a compra de material de procedência duvidosa e a recuperação de peças furtadas.





O combate e a investigação de furtos de cobre e outros delitos são de responsabilidade das autoridades policiais. Todas as imagens captadas pelas mais de 1.500 câmeras ligadas ao Centro de Controle Operacional (CCO) do Município são disponibilizadas em tempo real às forças de segurança, que também mantêm equipes no CCO.





A população deve acionar a PM pelo telefone 190 e denunciar irregularidades pelo 153 (GCM).