Uma ameaça de bomba assustou os moradores do Gonzaga, em Santos, na noite desta quarta-feira (6). Na calçada de um prédio na Avenida Marechal Deodoro, próximo à Rua Bahia, foi deixado um artefato potencialmente explosivo. A Polícia Militar isolou o local acionou o Grupo De Ações Táticas Especiais (Gate) para remover o objeto com segurança.





As ruas adjacentes foram interditadas para o tráfego de veículos, a fim de evitar que pessoas se aproximem da suposta bomba. De acordo com a Polícia Militar, a denúncia foi feita de forma anônima pelo disque-denúncia 190, por volta das 20h.





O Gate chegou ao local por volta das 23h para desarmar o suposto explosivo.





Suposta ameaça de bomba assusta moradores no Gonzaga, em Santos
(Foto: Reprodução)




Trata-se de um artefato com fios e um relógio, o que levou as autoridades a acreditarem que poderia tratar-se de uma bomba.





Além da PM, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) de Santos auxiliou na interdição, e o Corpo de Bombeiros também foi acionado.





Funcionários de um shopping próximo ao local foram liberados por recomendação da direção, e clientes foram orientados a deixar o local. Os moradores dos prédios vizinhos foram orientados a não saírem de suas casas até a remoção do objeto potencialmente explosivo.





Suposta ameaça de bomba assusta moradores no Gonzaga, em Santos
(Foto: Ronaldo Jr. / Arquivo pessoal)




Moradora de um prédio que fica na área interditada, a pastora Maria Tereza Venchiarutti relata que levou um susto ao chegar em casa. "Estou assustada, porque cheguei e tomei esse susto, o local foi evacuado às pressas, no shopping todo, todas as pessoas aqui dos prédios, e não podemos entrar. Exista a suspeita de um explosivo, de um artefato, não sabemos ao certo o que é, e estamos aguardando as investigações", conta.





"Nunca soube de nada nem parecido, foi uma surpresa mesmo. Tomara que não seja nada, que seja apenas uma suspeita, porque é um susto a toda a população. Santos está parada, praticamente, as vias aqui que abrangem esse local estão todas paradas", relata a moradora.





Suposta ameaça de bomba assusta moradores no Gonzaga, em Santos
(Foto: Ronaldo Jr. / Arquivo pessoal)




O aspirante a oficial da Polícia Militar Eduardo Assagra informou que o Gate era aguardado para remover o artefato potencialmente explosivo do local. Até a chegada das equipes, permaneceu a interdição do perímetro de 100 metros. Ele ainda orientou que moradores e pedestres não tentassem passar pelo cerco.





"Nós orientamos os moradores da região para que não saiam de casa, permaneçam nas residências para que a equipe de intervenção chegue e faça o trabalho dela. O perímetro de segurança é de 100 metros", diz. A orientação também vale para os comércios no entorno, que precisaram ser fechados.





O Santa Portal entrou em contato com a Polícia Civil e com a Prefeitura de Santos, mas não obteve retorno até a publicação desta reportagem. Assim que houver um posicionamento, a reportagem será atualizada.