Como consultar o saldo do FGTS para saque emergencial; início será em junhoTomaz Silva/Agência Brasil
ECONOMIA - O Governo Federal aprovou a possibilidade de um novo saque do FGTS em função dos impactos econômicos provocados pela Covid-19. Os saques emergenciais previstos na Medida Provisória 946/2020 são de até R$ 1.045,00 para os trabalhadores que tiverem saldo disponível em suas contas. Os saques poderão ser feitos de 15 de junho até 31 de dezembro. O calendário ainda vai ser divulgado pela Caixa Econômica Federal.

Haverá uma ordem de saque para trabalhadores com mais de uma conta do FGTS ativa. Os primeiros serão das contas vinculadas a empregos extintos e que possuem o menor saldo. Em seguida, os que têm contas ativas com os menores valores poderão pegar o dinheiro. No entanto, quem não realizar o saque emergencial deve informar a Caixa até 30 de agosto. Caso contrário, a importância será depositada automaticamente na conta poupança.

Vale recordar que a MP 946 também extingue o fundo PIS-Pasep, criado em 1975. O saldo será transferido para o FGTS. Mas o dinheiro remanescente do PIS-Pasep que não for movimentado até 1 de junho de 2025 será considerado abandonado e, por consequência, passará a ser propriedade da União.

Outro detalhe é que o saque emergencial do FGTS é distinto do saque aniversário. Quem aderiu a esse benefício (aniversário) pode sacar uma porcentagem referente ao valor do salário, variável segundo as determinações do Ministério da Economia sobre o saldo disponível nas contas. O calendário para o saque aniversário desse ano já foi anunciado pela Caixa e o prazo limite depeonde do mês de nascimento de cada trabalhador.

São 9 passos para consultar o saldo do FGTS: acesse o site da Caixa (acessoseguro.sso.caixa.gov.br) destinado ao FGTS. Informe apenas o número de seu CPF ou NIS, selecione o documento a ser utilizado e, em seguida, pressione “Não sou um robô”. Selecione a opção “Cadastrar/Esqueci Senha” para criar o seu usuário; na página seguinte, leia os termos do cadastro de senha digital e selecione "aceito"; Depois, informe seu nome completo, o nome de sua mãe e pai. Além disso, informe a data de nascimento e o número de seu RG sem digitar pontos e traço. Selecione "Não sou um robô" e confirme; Na próxima página, informe um endereço de e-mail, cheque que não é um robô e confirme; Um e-mail será encaminhado para o endereço informado. Localize o e-mail e acesse o link, que o redirecionará para o cadastramento de senha. Será preciso criar uma senha com no mínimo seis caracteres alfanuméricos e no máximo oito; Informe os seus dados de login, marque que não é um robô e confirme; Ao fazer o primeiro login, responda à pergunta de segurança sobre seus dados contratuais e pressione confirmar; Após isso, acesse a aba “FGTS” e encontre a opção “extrato”; Por fim, o saldo disponível da sua conta FGTS será exibido na página seguinte. Confira se há saldo suficiente para realizar o saque emergencial.