Tripulantes com suspeita de Covid-19 são tirados de transatlântico; navio está ancorado na barraDivulgação

COVID-19 - Imagens que o Santaportal teve acesso em primeira mão mostram dois tripulantes do transatlântico Costa Fascinosa sendo transportados para dentro de uma ambulância hoje à tarde em área portuária de Santos. Eles estão com suspeita de terem contraído o coronavírus. O navio está ancorado na barra, em quarentena até o próximo dia 28.

No vídeo é possível ver uma ambulância particular parada em local próximo à sede da empresa Fabiana Transportes Marítimos, em Santos. Homens com roupas especiais e equipamentos anti-contaminação transportam pessoas para dentro da ambulância. Os pacientes, segundo apurou o Santaportal, são tripulantes do Costa Fascinosa um transatlântico da Costa Cruzeiros ancorado na barra de Santos em quarentena.

A Costa Cruzeiros confirma a informação. Leia a nota na íntegra: "A Costa Cruzeiros confirma que quatro membros da tripulação do navio Costa Fascinosa foram desembarcados para serem hospitalizados. O navio está em quarentena e todas as medidas de saúde necessárias, nessas circunstâncias, estão sendo realizadas e respeitadas diligentemente de acordo com as autoridades sanitárias locais".

Nossa produção entrou em contato com a Codesp, que informou que não fala sobre o caso, que seria de competência da Anvisa. Entramos então em contato com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária que confirmou que as imagens são recentes e prometeu, para hoje, mais informações sobre o caso. Entramos em contato com a empresa de transportes marítimos, que informou que o único responsável que poderia falar sobre as imagens é o gerente, que só vai chegar ao local às 18 horas de hoje. O Santaportal está aberto para as manifestações de todas as partes.

Leia, na íntegra, a nota da Agência Nacional da Vigilância Sanitária:

"Quatro tripulantes do navio Costa Fascionosa foram desembarcados para atendimento médico com suspeita de Covid-19.

Dois tripulantes na quarta-feira, 25 e outros dois desembarcados hoje, quinta-feira.

O Navio estava parado e sem operar desde o dia 17 de março, devido o encerramento dos cruzeiros no país.

Já havia uma determinação de que o navio deveria cumprir quarentena até o dia 28 de março. Isso porque três passageiros que estiveram no navio, ainda durante a temporada, deram resultado positivo para Covid-19 dias após o desembarque do cruzeiro. Estes três passageiros haviam deixado o Costa Fascinosa no dia 14 de março, por isso o navio estava cumprindo quarentena até o dia 28 deste mês.

Os quatros tripulantes seguiram para o atendimento hospitalar local e as informações sobre estado de saúde serão atualizadas pelas autoridades de saúde locais, responsáveis pela assistência". 

* Gustavo Klein, com apuração da Diretora de Jornalismo Natalie Nanini