Albert Uderzo, criador do Reprodução
MUNDO - O desenhista Albert Uderzo, conhecido por ser o criador do personagem de quadrinhos "Asterix", morreu aos 92 anos de idade, informou hoje a família do francês.

Em um comunicado, a família de Uderzo revelou que o desenhista faleceu em sua casa, na cidade de Neuilly-sur-Sein, na França, em decorrência de um ataque cardíaco, mas informou que a morte não está relacionada ao novo coronavírus.

"Albert Uderzo morreu dormindo em sua casa, em Neuilly, de um ataque cardíaco não relacionado ao coronavírus. Ele estava muito cansado há várias semanas", escreveu a família do desenhista.

Ao lado de René Goscinny, Uderzo lançou a primeira edição do Asterix em 1959. Desde então, a série da história em quadrinhos vendeu 380 milhões de cópias em mais de 110 idiomas.