Política de Educação Ambiental inicia período de consulta públicaRogério Bomfim/Prefeitura Municipal de Santos
EDUCAÇÃO - Está disponível para consulta pública durante 30 dias, no Portal da Prefeitura (https://www.santos.sp.gov.br/?q=downloads/programa-municipal-de-educacao-ambiental-consulta-publica), o texto da Política Municipal de Educação Ambiental (PMEA), resultado de três anos de palestras e oficinas entre a sociedade e a Secretaria de Meio Ambiente. Entre outros aspectos, a PMEA regulamenta o Programa Municipal de Educação Ambiental (ProMEA).

Qualquer cidadão pode dar sua contribuição para o documento. Basta encaminhar um e-mail para semam@santos.sp.gov.br com o assunto ‘PMEA Santos’.

Santos conta com várias iniciativas voltadas à educação ambiental, via poder público ou sociedade civil, mas que muitas vezes são realizadas de forma independente, fragmentada. A PMEA pretende organizar a educação ambiental na Cidade, incluindo todos os atores, com iniciativas coordenadas voltadas a toda a população, incluindo os estudantes da rede pública, com foco na qualidade da vida e sustentabilidade.

Após o período de consultas, todas as sugestões serão analisadas pelos membros da Comissão Intersetorial de Educação Ambiental (Cisea) e da Comissão Interinstitucional Municipal de Educação Ambiental (Cimea).

Em seguida, a proposta é apresentada ao prefeito, encarregado de encaminhá-la à votação na Câmara Municipal. A apresentação da PMEA e do ProMEA foi realizada na manhã desta terça-feira (11), em evento no Sesc (Aparecida).

A missão da PMEA é difundir a Educação Ambiental em todo Município para que todas as pessoas participem ativamente da construção de uma sociedade sustentável.

As ações de educação ambiental envolvem o governo, universidades e escolas, empresas, organizações não governamentais (ONGs), comitês, comissões e redes de educação ambiental e sociedade civil organizada.

Segundo o secretário municipal de Meio Ambiente, Marcos Libório, “será uma política efetiva, de construção, de resultado; essa transformação está em curso e teremos uma Cidade melhor ainda, que continuará a ser referência para todo o Brasil”.

Programa
O Programa Municipal de Educação Ambiental (ProMEA) Santos, que reúne as ações a serem desenvolvidas no Município, também está pronto e foi construído pelo poder público em conjunto com organizações da sociedade civil, instituições de ensino e centros de pesquisa, movimentos sociais e pessoas não vinculadas a coletivos durante os meses de agosto a novembro de 2019. Está prevista a sua revisão a cada 2 anos.

“Sem educação ambiental, não há futuro para nenhuma geração. O Município está de parabéns pela coragem de encarar esse desafio de pensar o futuro. O programa precisa ser um ato contínuo de todos os cidadãos”, destaca Zysman Neiman, pesquisador e professor associado do Departamento de Ciências Ambientais da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

Mara Prado, fundadora da Associação Amigos Pé na Areia, entende a urgência da implementação da PMEA e do ProMEA. “Conversamos muito com os já convertidos (com as necessidades ambientais), o desafio é falar com todos os cidadãos”.