Em entrevista coletiva, nadadores da Unisanta projetam futuro em competições com a seleção


34 dias atrás
Por: #Santaportal - Em 16/05/2019 às 13:59
Em entrevista coletiva, nadadores da Unisanta projetam futuro em competições com a seleção Sabrina Louise/Santa Cecília TV

NATAÇÃO - Os nadadores da Unisanta que irão representar a seleção brasileira em competições internacionais falaram em entrevista coletiva na manhã desta quinta-feira (16), no Consistório da Universidade.

Ana Marcela Cunha foi uma delas. A nadadora estará no Mundial de Esportes Aquáticos de Guangju, na Coreia do Sul, assim como nos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru. O Mundial, a ser realizado entre 12 e 28 de julho, servirá de seletiva para os Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020.

"Tenho chance de medalhas em três provas: nos 10, 5 e 25 km, porém o mais importante é pensar nos 10 Km e assegurar o meu maior sonho, que é a vaga nos Jogos Olímpicos, e brigar por emdalha. Na dos 25 km é um prova longa, com mais de cinco horas, e tenho que estar focada", explica.

Como não conseguiu estar presente na última edição dos Jogos Panamericanos de 2015, em Toronto, no Canadá, por ter coincidido com o Mundial de Kazan, na Rússia, seletiva para os Jogos do Rio 2016, Ana Marcela está mais satisfeita ainda de participar da edição em Lima, de 26 de julho a 11 de agosto. "Vou estar duplamente satisfeita tanto nadando prova de 10 KM quanto a de piscina, onde vou estar estreando e é onde tuido começou", conta.

Léo de Deus também estará presente no Mundial de Esportes Aquáticos, mas ainda corre atrás de uma vaga nos Jogos Pan-Americanos de Lima. O nadador buscou seus direitos na Justiça por não concordar com os critérios da Confederação Brasileira de Esportes Aquáticos. Ele havia conseguido uma liminar suspendendo duas das vagas, mas a decisão caiu.

"Meu intuito e´buscar meus direitos, mostrando que ninguém precisa ficar refém da Confederação. Nunca quis prejudicar a natação brasileira. Agora a data-limite é 6 de junho (antes era 20 de maio). Vamos ver os próximos passos. Mesmo que eu ganhe ou perca essa parada, que sirva como exemplo", afirma.

Léo de Deus também endossou as palavras de Marcelo Teixeira, pró-reitor administrativo da Unisanta, a respeito dos talentos revelados na natação pela universidade e que estão desde cedo na instituição. O nadador dizer que ele, mais do que acompanhar todo o trabalho, ama tudo o que é feiito e gostaria que outros realizassem o mesmo com tanto afinco.

Já Nicholas Santos, aos 39 anos, comemora mais uma vez a longevidade na carreira. Ele venceu os 50 metros borboleta na etapa de Budapeste, na Hungria, da Copa dos Campeões da FINA, marcando novos recordes pessoal e sul-americano (22s60). Não bastasse isso, Nicholas assumiu a liderança do ranking com o melhor tempo do ano. E ele não quer parar por aí. "Minha meta é bater o recorde mundial dessa prova. Então viajo agora no dia 28 para mais uma etapa e pretendo nadar melhor do que na Hungria".

Os outros nadadores presentes na coletiva foram Victor Colonese, André Calvelo, Lucas Souza, Gabi Roncatto e Henrique Figueirinha, além dos técnicos Gerson Pazian e Márcio Latuf.


noticia20195165847639.JPG