Diretor executivo da Bolton é alvo de investigação do Ministério Público de Minas


74 dias atrás
Por: #Santaportal - Em 12/04/2019 às 18:53
Diretor executivo da Bolton é alvo de investigação do Ministério Público de Minas Divulgação

SANTOS FC – A Bolton, empresa que negocia com o Santos a reforma da Vila Belmiro, teve seu diretor executivo Stefano Cionini (à esquerda do presidente José Carlos Peres na foto) acusado pelo Ministério Público (MP) de Minas Gerais por suposto envolvimento com um esquema de pirâmide financeira. Por causa disso, o italiano foi alvo de ações criminais e civil no Brasil por fraude. A informação é do Globo Esporte.com

A empresa pretende investir US$ 60 milhões (cerca de R$ 235 milhões) na reforma da Vila Belmiro e na construção de um novo centro de treinamentos para o clube praiano.

Segundo investigação do MP de Minas Gerais, Cionini era sócio e administrador da Mister Colibri. A empresa foi responsável pela aplicação de diversos golpes em diversos estados e, inclusive, foi investigado pela Polícia Civil em Juiz de Fora de Minas.

De acordo com o CEO da Bolton, Roberto Diomedi, Cionini teria sido procurado pelo Peixe para analisar os possíveis investimentos. Em contrapartida, o Santos diz que foi apresentado ao grupo por um vereador da cidade.

Pirâmide financeira
O esquema feito pela Mister Cobrini é conhecido como pirâmide, ou seja, os associados pagavam US$ 299 anuais e recebiam US$ 20 semanais. Essa quantia era recebida em troca de uma simples tarefa: assistir três vídeos de 30 segundos na internet.

Segundo a empresa, o retorno financeiro seria de 220%. Um plano chamado “team builder” previa um investimento de US$ 15.244 e retorno de US$ 57.200, cerca de quatro vezes mais.