Ídolo do Santos, Coutinho é sepultado em cerimônia reservada


10 dias atrás
Por: #Santaportal - Em 12/03/2019 às 19:40
Ídolo do Santos, Coutinho é sepultado em cerimônia reservada Reprodução/Santos TV

SANTOS FC - O corpo do ex-jogador Coutinho, que morreu na segunda-feira (11), aos 75 anos, foi enterrado no começo da noite desta terça-feira (12), no Cemitério Memorial Necrópole Ecumênica. O sepultamento foi restrito apenas a presença dos familiares do eterno ídolo do Santos.

O velório de Coutinho teve início na madrugada e durou até às 17h30 desta terça no Salão de Mármore da Vila Belmiro, quando o corpo do ex-atacante deixou o estádio santista e foi levado em cortejo até o cemitério. Torcedores do Peixe lotaram as imediações da Vila para prestar a última homenagem ao ex-jogador do clube.

Durante todo o dia, amigos, familiares e ex-atletas do Santos, como Pepe, Lima, Edu, Manoel Maria, João Paulo e Juary estiveram no velório. Jean Mota e Victor Ferraz, do elenco atual, também estiveram presentes. Pelé, cuja tabelinha com Coutinho ficou eternizada, tinha um compromisso comercial em São Paulo e não compareceu ao funeral. No entanto, o Rei do Futebol enviou uma coroa de flores para o velório.

Carreira  
Coutinho defendeu o Santos entre 1958 e 1967 e, depois, de 1969 até 1970.

O ex-atacante ficou mundialmente conhecido pela parceria com o Pelé, no esquadrão santista que conquistou algumas das maiores glórias do clube, como o pentacampeonato brasileiro (Taça Brasil), o bicampeonato da Copa Libertadores e o bicampeonato do Mundial de Clubes, nos anos de 1962 e 1963, respectivamente. Além disso, também foi campeão da Copa do Mundo de 1962, no Chile, pela Seleção Brasileira.

O ex-jogador disputou 457 jogos pelo Peixe, marcando 368 gols. Coutinho é o terceiro maior artilheiro da história alvinegra.