Secretaria de Saúde de Santos desativa enfermaria térrea do hospital Central


7 dias atrás
Por: #Santaportal - Em 09/11/2018 às 08:13
Secretaria de Saúde de Santos desativa enfermaria térrea do hospital Central Divulgação

SANTOS - A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) desativou nesta quinta-feira (8) a enfermaria mista localizada no andar térreo do Hospital de Pequeno Porte (HPP) Central, que funciona no imóvel do antigo PS Central (ao lado da Santa Casa).

Os 11 pacientes internados foram transferidos para outras unidades hospitalares ou remanejados para setores do próprio equipamento, que também conta com Sala de Emergência, UTI adulto, outros 24 leitos de enfermaria, laboratório e salas administrativas.

A desativação estava programada para ocorrer até o final deste ano, mas precisou ser antecipada devido às condições estruturais do imóvel e necessidade de desinsetização. Uma reportagem da TV Local mostrou baratas em meio a pacientes que estavam internados.

Uma equipe da Seção de Controle de Zoonoses (Sevicoz) aplicou os produtos químicos nesta quinta.

“Em definitivo, não utilizaremos mais este espaço do térreo, mas continuaremos usando os outros dois pavimentos, porque o HPP é um importante equipamento de retaguarda da rede de urgência e emergência do Município”, explica o secretário Fábio Ferraz, lembrando que a Prefeitura firmou um termo com a Santa Casa, proprietária do imóvel, para ocupação compartilhada.

O andar térreo do prédio tem cerca de 790 m² e passará por reforma geral e adequações a cargo da Santa Casa, que já iniciou algumas intervenções como retirada de antigos aparelhos de ar-condicionado, de mobiliário e portas da recepção. Mais de 500 m² ficarão de posse da instituição, que deverá utilizar o espaço para o seu pronto-socorro (convênio e particular).

A parte restante continuará de posse do Município dentro da infraestrutura do HPP, que continuará funcionando no imóvel. Nesta área, ficarão o repouso dos funcionários, almoxarifado, sala de materiais, copa e sala dos funcionários do Samu. Em contrapartida, a Santa Casa está construindo uma nova sala de emergência dentro do seu imóvel com 13 leitos, em substituição à que existe no HPP com cinco leitos. A previsão é de que o novo espaço comece a funcionar em janeiro de 2019, para atendimento SUS.

Calendário