Cruzeiro vence Corinthians por 1 a 0 e leva vantagem para decisão em Itaquera


8 dias atrás
Por: #Santaportal - Em 11/10/2018 às 00:30
Cruzeiro vence Corinthians por 1 a 0 e leva vantagem para decisão em Itaquera Vinnicius Silva/Divulgação Cruzeiro

COPA DO BRASIL - O Cruzeiro saiu na frente na decisão da Copa do Brasil. Jogando no Mineirão, a Raposa bateu o Corinthians, por 1 a 0, na noite desta quarta-feira (10), na primeira partida da final da competição. O gol da vitória mineira foi marcado por Thiago Neves no fim do primeiro tempo.

Como não há gol qualificado na Copa do Brasil, o Timão precisa de uma vitória por dois ou mais gols de vantagem para ser campeão no tempo normal no jogo de volta da decisão, na próxima quarta-feira (17), na Arena Corinthians. Se devolver a vitória por um gol de diferença, o time paulista leva a decisão para os pênaltis.

O jogo
Em busca da vitória diante de seu torcedor, o Cruzeiro começou a partida com mais posse de bola e procurando o ataque. O Timão, por sua vez, jogava mais fechado e tentando explorar os contra-ataques.

Com o decorrer do tempo, os cruzeirenses foram criando alguns lances de ataque, principalmente em chutes de fora da área. Na primeira chance de grande perigo, Thiago Neves arriscou de fora da área e acertou a trave direita do goleiro Cássio.

Na sequência, Cássio ainda salvou o Corinthians com uma grande defesa. Thiago Neves cobrou falta da esquerda e colocou na cabeça de Léo, que podia ter aberto o placar, mas não contava com mais uma defesa impressionante do arqueiro da equipe alvinegra.

O Cruzeiro seguiu mais presente no campo de ataque até que, aos 46 minutos, Egídio cruzou da esquerda e Thiago Neves finalmente conseguiu vencer Cássio, tocando de cabeça para o gol. A bola ainda desviou no zagueiro corintiano Henrique, tirando qualquer possibilidade de defesa do goleiro.

No segundo tempo, o jogo não mudou de panorama. A Raposa seguia criando os lances mais agudos e levava vantagem nas bolas levantadas para a área, enquanto o Corinthians praticamente abdicava do ataque, seguindo a estratégia adotada pelo técnico Jair Ventura.

Menos ofensivo do que na primeira etapa, o Cruzeiro teve sua principal jogada em um cruzamento de Thiago Neves, que Dedé completou de cabeça para fora. Do outro lado, Fábio foi praticamente um espectador da partida e não foi exigido pelo ataque corintiano.

Na reta final do jogo, o ritmo caiu e as duas equipes pareciam satisfeitas com o resultado. A Raposa garantiu o 1 a 0 sem sustos e o Timão levou a decisão para São Paulo, onde vai precisar de uma vitória simples para levar a decisão para os pênaltis. Os corintianos ficam com o título com um triunfo por dois ou mais gols de saldo, enquanto os mineiros podem empatar para conquistarem a taça.

Calendário