Consumidores procuram promoções e preços baixos para o Dia dos Pais


13 dias atrás
Por: #Santaportal - Em 07/08/2018 às 08:19
Consumidores procuram promoções e preços baixos para o Dia dos Pais Divulgação

ECONOMIA - Roupas e sapatos são os produtos mais procurados este ano para o Dia dos Pais, mantendo o mesmo foco do ano passado. Em São Vicente, há lojas que estão com promoções e preços mais baixos para atrair clientes e algumas delas garantem que a estratégia está funcionando.

“Procuram bastante por calça Jeans e camisa social. Esses são os produtos mais procurados. A camisa tem uma boa procura pelo preço, que geralmente é mais caro e, a gente tem preço fixo nas peças, a R$ 20 qualquer peça. Mas se pagar no dinheiro sai por R$15 e no cartão, a R$16”, disse Erleste Esteves de Oliveira e Silva, lojista do Varejão do Brás na Rua Martim Afonso, 164 - Centro.

O próximo item na lista de mais procurados são os sapatos. De acordo com pesquisa realizada pelo Sindicato do Comércio Varejista da Baixada Santista, a procura está em 37%, entre os consumidores que pretendem presentear seus pais.

Rafaela de Oliveira Melo, lojista da Magazine Infante, disse que as vendas melhoraram principalmente nessa semana. “Melhorou bastante essa semana por conta do pagamento. E está chegando o Dia dos Pais, então os clientes preferem garantir antes”. Ela ainda aponta que os sapatos no modelo mocassim e as sandálias são os mais adquiridos nesse período. Os preços variam entre R$ 40 e 60 reais.

“O movimento, por enquanto, está fraco. Mas conseguimos vender principalmente relógios e alianças de prata”, disse Cláudia Lanzilotti, lojista da Joalheria Lanzilotti . Ela ainda acrescenta que no ano passado as vendas estavam melhores.

Pesquisa
Em 2017, 28% previam manter o orçamento entre R$ 101,00 e R$ 200,00. Agora, o número sobe para 40%. Já quem busca o mais econômico, com ticket máximo de R$ 51,00, não figura entre as escolhas. Itens entre R$ 201,00 e R$ 300,00 terão 8% de preferência e, acima de R$ 300,00, apenas 4% (mesmo patamar do ano anterior).

Os segmentos mais procurados também permanecem os mesmos: roupas correspondem a 62%, seguido por calçados (37%) e perfumes (12%). Destacam-se, ainda, artigos esportivos (4%), bebidas (4%), óculos (4%), livros (8%) e eletrônicos (8%).
A pesquisa revela que o cartão de crédito deve ser a principal forma de pagamento, com 52% das respostas. Nas transações à vista, 36% dos clientes deverão utilizar dinheiro e 12%, o débito.