MP denuncia pais que jogaram recém-nascida em lixeira no Gonzaga


157 dias atrás
Por: #Santaportal - Em 12/07/2018 às 09:19
MP denuncia pais que jogaram recém-nascida em lixeira no Gonzaga Divulgação

EM SANTOS - Os pais da recém-nascida que foi jogada do 6º andar pelo duto da lixeira de um edifício no Gonzaga, em Santos, foram denunciados pelo promotor de justiça Fernando Reverendo Vidau Akaoui.

A mãe Ana Carolina Moraes da Silva, de 29 anos, continua presa. Já o pai Guilherme Bronhara Martinez Garcia, foi solto após uma audiência de custódia.

Segundo o representante do Ministério Público (MP), Ana Carolina cometeu um homicídio qualificado pelo motivo torpe, pelo emprego de meio cruel e mediante recurso que impossibilitou a defesa da vítima, agravado ainda por ter sido praticado contra descendente e criança. Também é atribuído à mãe o delito de ocultação de cadáver.

Guilherme foi autuado por favorecimento pessoal, porque teria auxiliado a mulher a fugir. Sem pagar a quantia de fiança de R$ 100 mil, Guilherme foi levado à cadeia. No dia seguinte, após audiência de custódia, a Justiça o beneficiou com liberdade provisória, sem necessidade de pagamento de fiança.
Em contrapartida, lhe foram impostas medidas cautelares, como a de comparecer aos atos processuais para os quais for intimado, sob pena de ter a preventiva decretada.

O caso
A recém-nascida foiencontrada no último dia 28 de junho por um catador de lixo que procurava latinhas dentro do contentor, quando encontrou o rosto do bebê. O caso provocou uma grande comoção na Cidade.