Grupo Galpão fará apresentação unindo música e teatro popular em Santos


212 dias atrás
Por: #Santaportal - Em 16/05/2018 às 09:15
Grupo Galpão fará apresentação unindo música e teatro popular em Santos Divulgação

EM SANTOS -Considerado um dos mais significativos e atuantes grupos de teatro do país, o Galpão se apresenta para o público santista na próxima segunda-feira (21), com De Tempo Somos – um sarau do Grupo Galpão, dirigido por Lydia Del Picchia e Simone e Ordones, e na terça-feira (22), com Os Gigantes da Montanha, dirigido por Gabriel Villela.

As duas apresentações serão às 20h, com entrada franca, na Praça Mauá. Em seguida, a turnê - que conta com o patrocínio master da Petrobras - passará por Caraguatatuba - SP (24 e 25 de maio), Macaé – RJ (27 e 28 de maio), Campos – RJ (30 e 31 de maio) e Vitória - ES (2 e 3 de junho).

Conheça o grupo

Tendo a música como elemento fundamental, o espetáculo De Tempo Somos – um sarau do Grupo Galpão, de 2014, dirigido pelas atrizes Lydia Del Picchia e Simone Ordones, realiza um sonho antigo do grupo de celebrar, com o público, o encontro da música e do teatro, tão presente na trajetória de 35 anos da companhia. Em cena, o grupo propõe um novo formato de espetáculo e se apresenta num sarau de canções, poesia e festa, que resultou em um CD de mesmo nome, produzido por Chico Neves, lançado no ano passado.

Com direção musical e arranjos de Luiz Rocha, os atores cantam e executam no palco, ao vivo, 25 canções de trabalhos mais antigos como “Corra enquanto é tempo” (1988) e “Álbum de Família” (1990); passando também por “Romeu e Julieta” (1992), “Um Moliére Imaginário” (1997) e “Partido” (1999), chegando até a espetáculos mais recentes como “Tio Vânia” e “Eclipse” (ambos de 2011), além de músicas que surgiram em workshops internos e que chegam a público pela primeira vez. “A cantoria é a celebração do encontro, da festa, da disposição para seguir em frente (apesar de tudo que nos faz pender para o chão!), do espírito libertário e contestador inerente a toda reunião festiva”, explica Lydia Del Picchia.